Compartilhe essa Notícia:


Em discurso durante a inauguração de uma usina de energia fotovoltaica em Caldas Novas, Jair Bolsonaro reafirmou neste sábado que pretende prorrogar o auxílio emergencial até o fim do ano, mas com valor abaixo de R$ 600.

“O auxílio é pouco para quem recebe, mas muito para quem paga. Não será R$ 600, mas também não será R$ 200. Pretendemos prorrogá-lo até o final do ano e com isso fazer com que a economia volte à normalidade.”

O presidente também insistiu em falar sobre o uso da cloroquina no tratamento da Covid-19 e disse que o medicamento salvou “milhares de vidas” no país.

“Sempre estivemos preocupados com a vida. Não havia um remédio com comprovação científica para curar essa doença, e não é um decreto que vai determinar seu uso, mas a receita médica.”
Como O Antagonista antecipou, o auxílio emergencial do governo Bolsonaro deve ser prorrogado por mais quatro meses, com parcelas de R$ 300.

O Antagonista
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

  1. Pelo que o PT falava eu pensava que esse cara era o diabo na terra, o que vi quando ele assumiu a presidência foi ao contrário, fez foi muito pelo Brasil e o povo brasileiro, era tudo mentira do PT pra não eleger Bolsonaro, se continuar como está ajudando o povo, esse provavelmente será reeleito em 2022!!!

    ResponderExcluir
  2. Verdade! 👏 👏 👏 👏 👏

    ResponderExcluir
  3. temos que apoiar políticos honesto!

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA