Compartilhe essa Notícia:

Marajá do Sena – Wikipédia, a enciclopédia livre

O projeto “Municípios: Prato Cheio Para o Desenvolvimento” irá atender 500 famílias do município de Marajá do Sena. Ao todo serão 250 cestas de alimentos avaliadas em R$ 25.000. 

O Prato Cheio é uma iniciativa da Confederação Nacional de Municípios, e também beneficiará as cidades de Satubinha, Jenipapo dos Vieira e Fernando Falcão. O projeto se trata de uma maneira de mitigar a crise da pandemia causada pelo novo coronavírus no Brasil.

A iniciativa distribui itens de alimentação, limpeza e higiene para a população carente de municípios com menos de 50 mil habitantes e baixo índice de Desenvolvimento Humano, IDH. As primeiras doações serão distribuídas ainda este mês. 

“Os Municípios foram pré-selecionados antes e as pessoas que serão atendidas fazem parte do Cadastro Único. Agora, uma instituição sem fins lucrativos ficará responsável por receber o cartão com o crédito e fazer a compra dos itens alimentícios e de higiene na quantidade pré-estabelecida”, explicou Bruno Maciel, responsável pelo projeto na FBB.

Ao todo, os municípios beneficiados receberão 1.300 cestas com custo total de R$ 130 mil. Os recursos devem ser investidos no comércio das cidades.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

1 Comentários

  1. Deveria gerar emprego e renda e não doar cestas básicas. Isso aí é um estímulo a mais para os preguiçosos

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA