Compartilhe essa Notícia:

 

Didinha, era moradora da Rua São Joaquim em Trizidela do Vale 


Na tarde de domingo (27), por volta das 16 horas, um trágico acidente de carro na BR-230 em Marabá, no Pará, tirou a vida de uma jovem senhora natural de Trizidela do Vale (MA).

Antônia Claudia Lopes dos Santos, 32 anos, mais conhecida em Trizidela do Vale como Didinha, morreu em uma colisão envolvendo o HB-20 em que viajava com mais quatro pessoas e uma camionete Hillux (com três pessoas). O marido dela e o filho estão hospitalizados em estado grave.

- Às 21h00 - Chegou informação que uma amiga de Didinha que estava no veículo também morreu. O HB-20 era conduzido por um sobrinho da vítima.

Veja mais informações colhidas nos sites do Pará.

Segundo reportagem que o CORREIO levantou no local do acidente, um enorme caminhão que transportava equipamentos de grandes dimensões trafegava na rodovia, em direção a Carajás. Um automóvel batedor vinha à frente, para tentar alertar os condutores sobre a carga e o comprimento do caminhão. A camionete envolvida no acidente viajava em direção ao Ceará.

Os dois veículos envolvidos no acidente foram parar fora da pista, numa distância de cerca de 30 metros de um para o outro. A camionete, de placa OYQ-3828, de Juazeiro do Norte-CE, transportava três rapazes que trabalham com venda de semi-jóias e estariam retornando para seu estado de origem.

O estrago maior foi com o HB-20, de placa OSW-2699, de Tucuruí-PA, em que Didinha acabou morrendo em decorrência dos ferimentos do acidente. O marido e o filho de Didinha também foram retirados com graves lesões, sendo que uma delas ficou presa nas ferragens do veículo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e os militares precisaram utilizar motosserra para remover as ferragens e retirar o jovem, que apresentava sinais de fratura em uma perna e um braço.

Segundo o motorista de um terceiro carro, que acionou o Corpo de Bombeiros, a camionete teria forçado a ultrapassagem e bateu de frente com o HB-20, que vinha em sentido contrário.

O policial rodoviário federal, Magalhães, disse que uma equipe da Polícia Militar chegou primeiro ao local, depois o Corpo de Bombeiros e, por último, a PRF. Ele contou que o que foi apurado preliminarmente é que a camionete seguia em direção a São Domingos do Araguaia, enquanto o HB-20 estava chegando a Marabá.

HB-20

Ambos os veículos foram parar fora da rodovia 
Camionete Hilux


Magalhães relatou outra versão para o acidente.

“Aparentemente, segundo informações de terceiros, o condutor do HB-20 tentou ultrapassagem de um caminhão em faixa contínua e acabou colidindo de frente com a camionete. Mas isso ainda vamos analisar”, disse.

A Prefeitura de Trizidela do Vale, através do prefeito Fred Maia, está custeando o translado do corpo de Didinha, que será velado na casa de familiares na Rua São Joaquim. Segundo Fred Maia, o corpo chega nesta madrugada de terça-feira. O município também vai custear as despesas com o velório. “Lamento muito a perca dessa mãe de família, já mandei o carro funerário e vamos ajeitar a fanerária. Momento delicado dessa tragédia e orando para que as outras pessoas restabeleça a saúde.

“Era era conhecida como Didinha, irmã do Tita Cabelos e da Patricia, que são aqui de Trizidela do Vale. o corpo está sendo translado de Maraba pra nossa cidade e está previsto pra chega às 3 horas da madrugada na Residência do Tita na Rua São Joaquim”, informou um amigo da família.

HB-20 ficou destruído no impacto 

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA