Compartilhe essa Notícia:


Uma moradora de Pedreiras identificada como Cleonice, mais conhecida como "Jerusa", morreu na última quinta-feira (8). Ela estava internada no Hospital Macrorregional de Coroatá após ter sido esfaqueada no último dia 20 de setembro pelo companheiro, de iniciais J.C.C.C., mais conhecido pelo apelido "Djamba".

O crime ocorreu enquanto o casal discutia rua São Francisco, localizada no bairro Matadouro. Durante o desentendimento, Djamba pegou uma faca e desferiu um golpe no pescoço de Cleonice. 

A vítima foi levada para o Hospital Geral de Pedreiras pelo próprio marido. Na ocasião, ela perdeu a fala por conta do ferimento, possibilitando que o agressor apresentasse apenas a versão dele dos fatos. O homem chegou a mentir para a equipe médica que Cleonice havia se cortado com uma faca numa tentativa de suicídio.

Porém, a equipe que fez o atendimento no hospital desconfiou da versão e rapidamente chamou a delegada da mulher Silvana Prazeres e outros investigadores para averiguar a situação. Eles logo tentaram estabelecer contato com a vítima através de gestos.

Ao ser indagada se tentou suicídio, Cleonice negou. Em seguida, a delegada perguntou se foi o companheiro quem fez o ferimento no pescoço e a mulher deu resposta afirmativa.

Os investigadores foram conversar com o marido, que naquele momento acompanhava a vítima no Hospital Macrorregional de Peritoró, e logo deram voz de prisão para ele. No momento ele ficou nervoso, mas não reagiu à prisão.

Após ter sido preso, Djamba foi conduzido para a 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras e logo foi transferido para a Penitenciária, permanecendo a disposição do poder judiciário maranhense. Com a morte da esposa a situação do agressor se agrava ainda mais.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

10 Comentários

  1. MUITO TRISTE, CONHECIA ELA UM OTIMA PESSOA POREM SUBMISSA Á ESTE MALDITO. ELA TINHA VAIAS LESOES, BRAÇO E PERNA QUEBRADOS, O MAXILAR QUEBRADO TUDO AÇAO DESSE MARGINAL. ESPERO QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA.

    ResponderExcluir
  2. Quando se pensa que as leis ficariam mais duras para os criminosos, fazem e proteger. Nao podem mais divulgar nem o nome fo bandido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeçam aos deputados federais, eles que quiseram assim.

      Excluir
  3. Pois é,o povo achou k Bolsonaro ia endurecer a lei prós criminosos,essa era uma das promessas dele,mais parece k tá ficando é melhor,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Animal irracional vai se informar melhor, e ver que quem criou a lei de proteger bandidos e não mostrar o nome nem a foto deles foi um senador de esquerda de nome Randolfe Rodrigues.

      Excluir
    2. Animal irracional vai se informar melhor, e ver que quem criou a lei de proteger bandidos e não mostrar o nome nem a foto deles foi um senador de esquerda de nome Randolfe Rodrigues.

      Excluir
  4. Mais também a pessoa vive com outra k já quebrou perna braço e maxilar,e aínda continuar morando com uma pessoa dessa, é pedir pra acontecer o pior

    ResponderExcluir
  5. Que faz as leis são os deputados seu ignorante, o presidente, pelo contrário, é perseguido pela turma de LULA, que vota tudo contra a vontade do BOLSONARO, são umas pragas que ainda sobrevivem graças às pessoas irracionais como você!

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA