Compartilhe essa Notícia:

Na manhã de ontem (22), Flávio Dino (PCdoB), chamou de ‘mentira’ a declaração dada por Jair Bolsonaro à rádio Jovem Pan afirmando que ele não quis ceder a Polícia Militar para a segurança da equipe presidencial durante uma visita que faria a cidade de Balsas ainda este mês. A ordem teria sido verbal ao Comando da PM local.(Reveja)

Ainda ontem, em live (veja abaixo), o presidente reafirmou o que Flávio denominou de ‘calúnia’, e disse que o governador maranhense não iria prestar o serviço que é de obrigação do Estado em dar segurança a uma autoridade presencial e que por esta razão não viria mais a Balsas, onde participaria de um evento evangélico (também questionado por Dino).

Para validar o que diz, o Flávio Dino foi ao Supremo Tribunal Federal contra Jair Bolsonaro. Na petição ele solicita que o presidente apresente provas do ‘suposto pedido’ que teve negado por parte do Governo do Maranhão.


Mas afinal quem está mentindo?

Em tempo…

O secretário de Segurança do Maranhão, Jefferson Portela, também desmentiu Bolsonaro.

Fonte: Blog do Minard

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

9 Comentários

  1. Briga de cachorro grandekķkkkkkkkkkkkkķkkkkkkkkk, que vença o mais forte. Kkk

    ResponderExcluir
  2. O MITOmaníaco é mentiroso costumaz, #ForaBolsonaro.

    ResponderExcluir
  3. Esse governadorzinho de quinta categoria tá afundando mais ainda o já paupérrimo Maranhão.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que é Bolsonaro, afinal ele nunca leva nada à sério. Por isso que ninguém o respeita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Povo respeita e o bandido do Lula que saqueou o país e tirou todo mundo da miséria, esquerdista doente. Só de ele ser presidente e a autoridade máxima do país você querendo ou não.

      Excluir
  5. Quem mente é o comunista safado.

    ResponderExcluir
  6. Quem mais mente aqui é o blog desse Carlinhos...
    Vc sabe

    ResponderExcluir
  7. Dino mais parece um imbecil em ocupar o o Supremo com isso. Vai chupar um saco de pitomba cabeluda dar mais futuro p vc

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA