Compartilhe essa Notícia:


Em resposta a um vídeo postado nos grupos pelo deputado estadual e candidato a prefeito de Trizidela do Vale, Vinícius Louro (PL), o atual prefeito da cidade, Fred Maia, gravou um vídeo, na manhã desta terça-feira (03), esclarecendo informações divulgadas pelo parlamentar.

Segundo as afirmações declaradas pelo deputado Vinícius Louro, o município de Trizidela do Vale implementou, através da Lei nº 03/2020, sancionada pelo prefeito Fred Maia, "a isenção de contribuição para custeio de iluminação pública como incentivo fiscal às indústrias instaladas no município de Trizidela do Vale".

Em outras palavras, as fábricas e indústrias instaladas em Trizidela do Vale estariam livres de pagar a taxa de iluminação pública, enquanto os demais cidadãos trizidelenses, de acordo com o parlamentar, estariam pagando um valor demasiado caro em suas contas de energia. 

Vinicius Louro levantou  polêmica em um vídeo divulgado nos grupos 


Fred Maia, por sua vez, tratou de esclarecer os fatos, explicando que o referido Projeto de Lei, aprovado pela Câmara de Vereadores de Trizidela do Vale em julho deste ano, se trata na verdade de uma medida
econômica voltada para a redução dos impactos causados pela pandemia do novo coronavírus.

"No período da pandemia, foi votado um projeto na Câmara Municipal de Trizidela do Vale no qual se dá às empresas de evitar demissões de pessoas de Trizidela do Vale, uma isenção na taxa da iluminação pública, caso a empresa viesse procurar esse benefício. Graças a Deus, nenhum dos empresários de Trizidela do Vale precisou desse incentivo", afirmou o prefeito.

Quanto a taxa de iluminação pública cobrada em no município, o gestor explica que a Lei que prevê o valor da alíquota de contribuição foi criada no ano de 2002, na gestão do então prefeito Paulo Maratá.

Prefeito Fred Maia respondeu apresentado documentos 

"Agora o que eu tenho para mostrar para o povo da  é que a taxa de iluminação pública em Trizidela do Vale foi criada no dia 24 de dezembro de 2002. Foi criada no então governo do primeiro prefeito, o qual respeito muito, o senhor Paulo Maratá, a 'alíquota de contribuição de 20% (vinte por cento) sobre o valor em Real (R$) da energia elétrica gasta mensalmente, medida em KHh'", complementa Fred Maia.

Em novo vídeo, gravado no gabinete do prefeito, Fred Maia classifica alegações do deputado Vinicius Louro sobre as taxas de energia como uma tentativa de gerar polêmica durante este pleito em Trizidela do Vale. Ele aproveita a oportunidade para informar que, após o período de eleição, irá encaminhar um projeto de Lei para a Câmara para reduzir o percentual cobrado iluminação pública no município

"A verdade sempre aparece. Deus é maior que tudo, isso mostra as palavras que a gente tem, sempre a fé e a confiança. Enquanto estão falando de mim, eu estou trabalhando e Deus me abençoando", finalizou o prefeito Fred Maia.



⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

5 Comentários

  1. Carlinhos, teria como vc publicar quem foram os vereadores irresponsáveis que votaram a favor de uma coisa dessas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim concerteza,sempre passa pela Câmara para votação e segu

      Excluir
  2. BANDO DE POLÍTICOS MENTIROSOS E LADRÕES,. FRED PORQUE ESTÁ DEFENDENDO ESSES VERIADORES? SABEMOS QUE VOCÊ É UM DOS BENEFICIÁRIOS DESSA PORCARIA DESSE PROJETO

    ResponderExcluir
  3. Prefeitinho falastrão, só conversar o povo não está mais besta não seu Prefeitinho

    ResponderExcluir
  4. Lamentável pensa q o povo e besta

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA