Compartilhe essa Notícia:


Na maioria das cidades da nossa região, a transição entre o atual e o futuro governo estão acontecendo de forma pacífica. Em algumas cidades, porém, o processo está emperrado.

É o caso do município de Peritoró (MA), onde o prefeito eleito, Dr. Júnior (PP), afirma que o atual prefeito Pe. Josias está dificultando o processo de transição. A menos de 30 dias para a posse, Dr. Júnior ainda não conseguiu acesso às informações necessárias para a transição de governo.

No dia 20 de novembro, o prefeito eleito adiantou a solicitação de formalização da equipe de transição, informando o nome dos membros, bem como fez a solicitação de documentos públicos. No dia 25 de novembro, ratificou-se o solicitado anteriormente, contudo, sem resposta.

Diante dos impasses na transição, Dr. Júnior, prefeito eleito de Peritoró, buscou a intervenção do Ministério Público do Estado do Maranhão para resolver a situação. 

De acordo com a Constituição do Estado do Maranhão, o Prefeito Municipal deve entregar ao sucessor, relatório da situação administrativa municipal contendo todas as relações e medidas necessárias à regularização das contas municipais.

O Ministério Público está atento a esse tipo de situação e promete processar os prefeitos que estão negando em colaborar com as equipes de transição.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

  1. O mesmo a acontece em joselandia.

    ResponderExcluir
  2. esse padre bem ai num sei não mais tá qereno ganhar tempo

    ResponderExcluir
  3. Pra vê k quando a pessoa entra na política fica tudo desonesto,um padre k podia tá fazendo as coisas certas, tá aí querendo fazer as coisas erradas,por isso sempre digo k não existe político Honesto

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA