Compartilhe essa Notícia:


A inquietude da prefeita Vanessa Maia (Solidariedade), com os pedreirenses que precisam sair da cidade para trabalharem ou realizarem um tratamento médico é notória.

A fim de gerar maior comodidade e segurança aos filhos de Pedreiras que se dirigem a capital para realizarem procedimentos médicos como consultas, exames e até cirurgias, a gestora providenciou um novo local, que será instalado próximo (cerca de 100 metros) dos principais hospitais universitários de São Luís (MA).

Casa de Apoio serve de abrigo e ponto de acolhimento para eles. 

A Casa de Apoio terá um novo endereço no governo Tempo de Reconstruir, deixando as pessoas que usarão deste apoio, a apenas 100 metros de distância do Hospital Universitário Presidente Dutra, referência no tratamento dos pacientes que saem de Pedreiras.

Os pacientes oriundos de Pedreiras terão da casa, que na verdade é uma pousada, seus serviços a inteira disposição, contando com café da manhã, almoço, jantar, internet, TV e claro, um acompanhamento especial para os hospitais, um trabalho desenvolvido para gerar maior atenção para as pessoas que buscarão estes serviços.

Cada acomodação conta com banheiro próprio. Com uma capacidade para 20 pessoas, a Casa contará também com um carro para auxiliar nos trajetos até os Hospitais.

Para Vanessa, o cuidado com cada pedreirense é prioridade em sua gestão e também o investimento dos recursos de forma correta. “Saúde de qualidade é direito do cidadão. É importante que os pacientes que, já fragilizados pela doença, precisam ir a São Luís, encontrem esse conforto também”, disse.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

10 Comentários

  1. Seria mais interessante providenciar equipamentos e material humano para os hospitais públicos da cidade para evitar que as pessoas se desloquem para fora e superlotar os hospitais da capital.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Idiota se tu não sabe de nada fica calado... onde já se viu equipamentos em interior comparado com capital. Tem que ter sim casa de apoio JUMENTO(a)

      Excluir
    2. E quanto aos pacientes q precisam de cuidados terciários como tratamento oncológicos e não tem condição de se manter ficam na rua? pra esses e outros pacientes q serve esse cuidado pelo amor de Deus...

      Excluir
  2. Para isso o município tinha q ter um hospital digno

    ResponderExcluir
  3. Seria bom fazer um hospital decente em pedreiras que realizasse qualquer procedimento dos hospitais de fora . ai sim nao precisaria ninguem sair do seu estado atrás de atendimento .

    ResponderExcluir
  4. Seria o ideal cada município tratar dos seus doentes, o que vimos a décadas que para tratamento de CA, existe em cada estado da federação um hospital de referência para este tipo de tratamento, não sei se o município de Pedreiras tem condições de manter uma estrutura para esse tipo de tratamento.

    ResponderExcluir
  5. Eu moro em são luis sei onde é essa casa, é a casa dos pais do KLEBINHO BRANCO,que ficar perto do Hospital Universitário

    ResponderExcluir
  6. O trabalho já existia na instituição Lorinha assaiante no cohatrac e se o intuito for pra ficar mas perto parabéns, mas se na pousada for pra desviar dinheiro fica mas fácil

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA