Compartilhe essa Notícia:

Denilde (de blusa rosa) ao lado de Patrícia

Familiares de Denilde de Sousa Pereira, 23, morta a tiros na última quinta-feira (28), na cidade de Lago da Pedra, conversaram com o repórter Romário da TV Difusora de Bacabal e esclareceram o que poderia ter motivado o assassinato da jovem. De acordo com os relatos, ela morreu por engano.

Segundo as informações da PM, os assassinos invadiram a residência onde Denilde se encontrava atrás de uma mulher chamada "Fabrícia", envolvida na morte de um rapaz no ano de 2019. Denilde já teve um relacionamento com ela anos antes, mas recentemente estava namorando uma moça chamada "Patrícia", que também estava na casa. Os bandidos se confundiram e acharam que a mulher que estava com Denilde fosse a Fabrícia.

Vítima tinha 23 anos de idade

Na cidade de Bom Lugar, onde uma das vítimas, Denilde, morava, familiares disseram que ela morreu sem nenhuma razão, uma vez que os assassinos tinham como alvo uma outra pessoa identificada como Fabrícia, responsável por cometer um crime no passado em que matou o ex-companheiro (leia o caso AQUI).

No momento do crime ocorrido na última quinta-feira, os assassinos encontraram outras mulheres, no caso: Denilde e Patrícia e mais um rapaz, que não tinham nada a ver com o crime ocorrido no passado.

Por conta da morte por engano, a família está indignada e pede para que os responsáveis sejam encontrados e presos.

SAIBA MAIS

Duas pessoas são assassinadas e uma ferida à bala dentro de casa em Lago da Pedra

Mais detalhes do duplo homicídio que aconteceu na cidade de Lago da Pedra
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. A Fabrícia está presa há mais de um ano .

    ResponderExcluir
  2. Só em essa moça tá conscientemente em companhia de bandidos, ela se tornava uma bandida também

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA