Compartilhe essa Notícia:

Secretário de Segurança Jefferson Portela

O Secretário de Segurança do Estado do Maranhão, Jefferson Portela, que agora está acompanhando de perto o rumo das investigações sobre a morte do empresário bacabalense Marcos Marcondes, em sua primeira entrevista à imprensa local já demonstrou suspeita de que o suposto confronto entre policiais militares e bandidos no interior de São Luís Gonzaga tenha sido forjado.

Marcos, mais conhecido como Marquinhos, apareceu morto numa estrada vicinal de São Luís Gonzaga. Uma das primeiras versões sustentou de que ele havia sido baleado durante um confronto entre policiais militares e bandidos, que supostamente estariam envolvidos no roubo de cabras em Bacabal. 

O secretário Jefferson enviou peritos para a região, a fim de investigar se realmente há indícios de confronto entre bandidos e criminosos. Porém, ele não escondeu a possibilidade de que o cenário tenha sido armado com o objetivo de tirar a suspeita de que os policiais teriam matado o comerciante. 

Vítima do homicídio: Marcos Marcondes

Com base na forte desconfiança de que houve alterações no local do crime, foi destacado também que um ferimento de bala que atingiu a panturrilha do Tenente Pinho na suposta troca de tiros tenha sido feito por ele mesmo ou por algum colega, a fim de comprovar de que houve um confronto. 

A investigação também não descarta a possibilidade de que houve uma mudança posterior na localização do corpo de Marcos, que pode ter sido deixado na estrada vicinal apenas horas depois de sua morte, e que as perfurações de bala podem ter sido causadas depois dele ter falecido por tortura, uma vez que há vários sinais de violência física em seu corpo. 

Caso seja comprovado de que houve alterações no local do crime, os policiais militares podem responder não só pela morte de Marquinhos, caso seja comprovado de que eles são os responsáveis pelo homicídio, mas também pelo crime de fraude processual.

Policiais suspeitos do homicídio de Marcos

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

27 Comentários

  1. Que secretário de segurança inteligente kkkkkkk tá Brincando agora que Ele descobriu isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é isso, ele como autoridade, não pode acusar ninguém sem ter as provas periciais e documentais do crime.

      Excluir
  2. Com certeza que isso foi armação de todos os polícia que se dizem se polícia. Tei e que paga na mesma moeda. Tortura igual ao cidadão

    ResponderExcluir
  3. Só descobriram por causa das câmeras de segurança se não ia ficar como confronto da polícia com os bandidos

    ResponderExcluir
  4. Com tanto policial corruptos em Bacabal,vai saber se não tinha um bucado deles envolvidos naquele assalto do banco

    ResponderExcluir
  5. Dr. Allan de Pedreiras4 de fevereiro de 2021 07:00

    Dizem que eu não gosto de policial. Não é verdade! Tenho irmão policial. Já trabalhei na polícia e fazia mais que minha obrigação em dedicação a eles.

    Mas a Polícia não tem o respeito da sociedade por casos como esse: revoltante, asqueroso, repugnante, COVARDE, hediondo.

    Aí você diz: mas nunca vi vc dizer isso de um marginal, doutor.

    O bandido assume que é bandido!
    Pior é o bandido que se disfarça de agente da lei e de seu protetor para lhe extorquir, roubar, torturar e matar!!!
    Bandido é macho: assume que é bandido.
    Não fica se escondendo covardemente atrás de farda e da lei, não!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Dr. Alan, essas foram as palavras mais sensatas que eu li em todos os comentários.

      Excluir
    2. Típico de esquerdista que tem esterco na cabeça é exaltar bandido. Quase 100% desses marginais de rua negam os crimes que cometem covardemente da mesma maneira. Deviam fazer exame toxicológico nesses doutorzinhos que falam muita asneira...

      Excluir
  6. Vereador Hebel de Lima Campo4 de fevereiro de 2021 07:01

    O bandido é macho a partir do momento que ele encurrala alguém. Até então, ele se faz confundir como qualquer cidadão comum, as vezes se veste até de policial para enganar o cidadão de bem. Sabemos que existe o policial corrupto, mas isso não pode nem de longe ser generalizado, e sei que o Dr. Allan não está fazendo isso. Mas, bandido é bandido 24 horas, deu uma brecha ele ataca, é cruel e totalmente covarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Allan de Pedreiras4 de fevereiro de 2021 07:02

      Policial bandido também o é 24 horas e é pior que bandido comum, pois mancha o nome da corporação, faz a sociedade imaginar que todos o são, agem sob a égide da lei e são os mais covardes, pois se travestem de protetores da sociedade.

      Excluir
  7. é um assunto complicado, mas de fato nesse caso aí a PM ta errada e não somente pelo fato de ter executado sumariamente o cidadão, a policia militar tem competência ostensiva, a parte de investigação é competência exclusiva das policias judiciárias, no âmbito estadual e civil e da união, a federal, um verdadeiro absurdo o que houve em Bacabal. é de se lamentar profundamente, mas os atos de integrantes separados, não pode manchar toda a reputação da briosa policia militar.

    ResponderExcluir
  8. A polícia militar por estar mais presente, tem este mal, de querer dar uma resposta a sociedade, e assim ultrapassa as fronteiras de sua função, se todos fossem esperar que a polícia civil fizesse o serviço que cabe a ela, os marginais já teriam dominado tudo, vá nas delegacias finais de semana e feriado e tente registrar um BO, tenha seu domicílio violado ou seja vítima d qualquer crime e busque ajuda da polícia civil, ver se eles estão prontos a lhe atender, tenho certeza q não, no entanto, sem medo de errar, a polícia militar estat mais presente em todas as situações, talvez por isso seja mais própricia a erros e a mais atacada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Allan de Pedreiras4 de fevereiro de 2021 07:06

      Isso é fato.
      Por ser ostensiva e mais presente e circulante, é mais vista, portanto, mais exposta.
      A Polícia Civil é muito pior do que a militar, principalmente na omissão, na cumplicidade com o crime e no abuso de autoridade.
      Vejam os últimos exemplos dos delegados Perdigão e Bardhal - guerrilheiros.

      Excluir
  9. Delegado Diego Maciel Regional de Pedreiras4 de fevereiro de 2021 07:09

    Boa noite a todos.

    Não sou de me manifestar em grupos, contudo, acredito que colocações genéricas, como as que foram levantadas, atingem as pessoas que trabalham de forma honesta.

    Antes de atirar pedras e apontar isso ou aquilo outro é necessária uma reflexão.

    Ambas as instituições, PC e PM, são essenciais ao sistema de segurança pública.

    Ocorre que cada uma deve exercer sua função constitucionalmente delineada.

    Já pensaram no efetivo policial das duas instituições?

    Quantos crimes foram devidamente elucidados pela polícia civil e os responsáveis foram presos e estão cumprindo a reprimenda imposta pelo estado? Digo que são muitos e convido a quem duvidar a fazer nova reflexão, vez que algumas pessoas têm memória volátil.

    Crimes na nossa região que pela boca de alguns não seriam elucidados são inúmeros, entretanto, MUITOS foram elucidados.

    Temos exemplos em todas as cidades.

    Acredito que muitos conhecem Esperantinópolis, vez que é um grupo com informações da referida cidade. Não lembram dos crimes graves que ocorreram na cidade e foram elucidados cabalmente pela polícia civil, inclusive com os responsáveis presos e condenados.

    Pois bem. Esse é o trabalho da polícia civil!!

    E fazemos muito bem nosso trabalho. Infelizmente o ideal não depende exclusivamente de um policial.

    Se policiais civis foram presos é em razão da própria instituição não ser conivente com quem supostamente errou. Vejo isso como algo bom!

    Qual profissão ou sociedade não tem frutos podres?

    Particularmente atendo a todos da melhor maneira possível, inclusive já atendi Allan e acredito que fiz apenas o meu trabalho, pois ele foi tratado com respeito e bastante seriedade.

    Se tem algo a reclamar pode acionar a quem entender competente até pq já mostrei que não avalizo nada errado, pode ser até da minha instituição.

    Assim, ao invés de se criticar sem qualquer embasamento entendo por bem analisar tudo através de uma visão mais técnica e ponderada.

    E saibam, a Polícia Civil sempre estará à disposição de toda sociedade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Allan de Pedreiras4 de fevereiro de 2021 07:11

      Acho que ninguém aqui nem eu desmerecemos o trabalho da PC e da PM. Mas, sim, de elementos componentes destas corporações que as maculam.
      Ninguém aqui, nem eu, não afirmou da ineficácia das polícias, mas dos erros que poderiam ser evitados por membros que as compõem e que deixam a sociedade insegura.
      Quanto à consistência dos fatos que relatei, doutor, existem e bem consubstanciados, porém não quis mais me estender sobre o assunto aqui por envolver algo tão traumático como estupro e que envolve segredo de justiça, como menor.

      Excluir
    2. Dr Allan está corretíssimo,mas foi mal interpretado.De fato,todo cidadão que paga altos impostos deveriam opinar e falar diante das ilegalidades cometidas por ambas a corporações,civil ou militar.Sobre a postagem do delegado,é evidente que alguns crimes foram elucidados,outros,no entanto, até cairam no esquecimento,sobre tudo em minha cidade,Poção De Pedras.

      Excluir
  10. Fernando Melo blog de Poção de Pedras4 de fevereiro de 2021 07:10

    “Pelo fruto o conhecereis”. Cabalmente corrobora com o entendimento de que em todos os seguimentos há os bons e os maus. É precipitado rotular a todos por condutas de uns.

    Agora o que acho mais triste é abrirmos precedentes para o conflito entre duas instituições que são indispensáveis, dentro de suas competências, quando o assunto é segurança pública. Já me deparei no cerne de uma confusão entre civil e militar, e resumo: algo lamentável.

    “O artigo 144 da Constituição da República prevê a Polícia Civil, no âmbito da segurança pública, e lhe atribui, ressalvada a competência da União, a atividade de polícia judiciária e a investigação dos crimes em geral, exceto dos crimes militares, e ainda a atividade de prevenção especializada, sendo dirigida por Delegados de Polícia de carreira. Salienta-se que não é atribuição da Polícia Civil o serviço de patrulhamento ostensivo preventivo geral, uma vez que tal missão é da Polícia Militar.”

    ResponderExcluir
  11. A certeza inconsciente e consciente que todos temos que não há justiça preventiva e punitiva é que nos desvia do foco. Exemplo, apedrejaram a residência do pai do menino preso no barril. Em busca de justiça, cometem injustiça. Na ação da polícia, em nossos atos e palavras, infelizmente, isso se repete. Com as leis que temos nada mudará.

    ResponderExcluir
  12. E já que estão falando da Regional da cidade de pedreiras atenção seu secretário de segurança Governador Flávio Dino falta Polícia Militar na cidade de Lago da pedra para fazer a ronda ostensiva na cidade falta Polícia Civil para investigar os crimes que ocorre na cidade seu Governador se não tem investigador da Polícia Civil para enviar para a cidade de Lago da pedra abre um edital do concurso das Polícia Civil e Militar

    ResponderExcluir
  13. Essa confusão toda por causa de um ladraozinho barato menos um e pronto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu tá errado, não é "menos um", é +5, ou mais. E pior, treinados e mantidos com recursos públicos. Pela maioria dos comentários, parece que a sociedade está compreendendo que o correto é defender princípios éticos e morais em vez de pessoas.

      Excluir
  14. E o qui dá Polícia Militar querendo fazer o papel da Polícia Civil serviço de inteligência da Polícia Militar aí tá mais para milícia das favelas do Rio de Janeiro do que para serviço de inteligência da Polícia Militar

    ResponderExcluir
  15. Hoje em dia! Se há grandes investigações! Agradeça população as redes socais, todos sabemos como funciona as coisas, e tem mais, deve ter um mandante neste crime

    ResponderExcluir
  16. O que eu sei é existiu um pé, para a morte do sujeito. Senão, estaria vivinho. Existe quem morre de graça. Será se foi o caso?

    ResponderExcluir
  17. Agora também tem que Investigar o dono dos carneiros pra quem esses policiais estavam trabalhando,pra prender também pq é o mandante do crime...

    ResponderExcluir
  18. Parabéns para o Delegado que deu voz de prisão pros bandidos de farda. E pode investigar mais, que poderão encontrar mais crimes cometidos por esses bandidos. Porque nenhum militar se corrompe da noite pro dia não.

    ResponderExcluir
  19. Quem matou geraldo camilo e os outros alagoanos sera que a policia sabe e nao quer mexer no ninho das vespas quem matou ta soltinho ou melhor soltinhas .

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA