Compartilhe essa Notícia:

Segundo o deputado, Comissão de Seguridade Social e Família vai contribuir com o combate à Covid-19. Ele defende que seja debatido projeto de sua autoria que cria uma política nacional de pesquisa do setor farmacêutico.

O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) enalteceu a importância do retorno ao trabalho das Comissões Permanentes da Câmara. Nesta quinta-feira (11), uma das que foi instalada foi a de Seguridade Social e Família (CSSF), da qual o parlamentar maranhense vai continuar como membro titular. Juscelino já presidiu o colegiado em 2018.

“Para mim, essa é a comissão mais importante da Casa, pois trata da saúde e da vida das pessoas. Nesse momento difícil da pandemia que estamos enfrentando, vamos contribuir muito e buscar as soluções que a população brasileira espera do parlamento. Aqui, com quórum sempre elevado, tratamos de projetos muito importantes. Contem comigo para debatermos, entre outros assuntos, a nossa saúde pública”, afirma o deputado do DEM.

Juscelino Filho defendeu que a CSSF debata o PL 117/2015, de sua autoria, que institui a Política Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor Farmacêutico. “Estamos vendo o difícil acesso às vacinas contra Covid-19, e um dos motivos é a falta do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), para produção desses imunizantes”, observa.

Na década de 1980, de acordo com o parlamentar, o Brasil produzia 55% do IFA consumido internamente. Atualmente, esse índice é de apenas 5%. “A gente tem que reorganizar a política nacional do setor farmacêutico, principalmente buscando diminuir essa dependência de insumo de outros países como China e Índia”, afirma Juscelino Filho.

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados será presidida por Dr. Luizinho (PP-RJ), eleito por unanimidade pelos membros do colegiado. Em 2020, o parlamentar do Rio comandou a Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA