Compartilhe essa Notícia:


A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (4), a operação Quarta Parcela, que visa combater fraudes aos benefícios emergenciais, disponibilizados pelo Governo Federal.

A operação investiga fraudes massivas e pretende desarticular organizações criminosas que atuam causando prejuízos aos programas assistenciais e, por consequência, atingindo a parcela da população que necessita desses valores. 

No Maranhão, foi realizada uma segunda fase da ação iniciada em dezembro de 2020, com o cumprimento na data de hoje de mandado de busca e apreensão, inclusive no município de Pedreiras. Os nomes dos investigados ainda não foram divulgados. 

No total, estão sendo cumpridos 32 mandados de busca e apreensão e sete mandados de sequestro de bens, perfazendo um total de mais de R$ 170 mil bloqueados por determinação judicial. Estão participando da deflagração 117 policiais federais nos Estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, Maranhão e São Paulo. 

Esta operação policial é um trabalho conjunto da Policia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, Caixa, Receita  Federal, Controladoria-Geral da União  e Tribunal de Contas da União, Instituições que participam da Estratégia integrada e atuação contra as fraudes ao auxílio emergencial (EIAFAE).

Seguindo todos protocolos de cuidados do Ministério da Saúde, a Polícia Federal prossegue com a realização de ações em prol da sociedade. 

Fonte: Imirante

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

11 Comentários

  1. Por que não chega nos concurceiros??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se investigar os concursados poucos ficam,pouquíssimos mesmo.

      Excluir
  2. Eita pedreiras pra ter mala kkkk

    ResponderExcluir
  3. O nome do filme é corra que a polícia vem aí kkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Pedreiras é a cidade do Maranhão k mais frauda o governo,tem gente rica aí nessa cidade sacando dinheiro de velho k já morreu,o esquema aí em pedreiras é grande

    ResponderExcluir
  5. Isso é antigo, e a justiça não faz nada, contrata-se um advogado e o bandido no outro dia começa tudo de novo. Torna-se uma fonte de renda pra quem mexe com justiça!

    ResponderExcluir
  6. Esse bandido não tem nome não ???

    ResponderExcluir
  7. Parece que eu um tal de seu que leste oeste !

    ResponderExcluir
  8. Aqui tem muito bandido com nome de empresario com cartao de aposentado morto tem um que morreu agora que ta comendo o dinheiro dele é a viuva com um boy novinho kkk outro e comprando sitio e andando de sx4 fazer o que nao temos uma justiça seria nesse país aqui o crime compensa.

    ResponderExcluir
  9. Aqui em Lago da Pedra não fica atrás. . Tem muitas que sacam dinheiro de idosos que já faleceram . Tudo com ajuda de funcionários de banco e do INSS

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA