Compartilhe essa Notícia:

Secretaria Municipal de Saúde de Pedreiras desmentiu o próprio Secretário, que gravou vídeo chamando sites de "mentirosos"


Na manhã de quarta-feira, dia 03, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), emitiu mais um decreto para conter ainda mais a proliferação do novo coronavírus no estado.

Durante sua fala, além de anunciar várias outras medidas, o governador também afirmou que os municípios que ainda não atingiram a meta de 60% de doses aplicadas das vacinas já recebidas anteriormente não irão receber novas doses até que comprovem a meta de vacinação. O anúncio repercutiu em todo o estado.

"Não podemos lutar por mais vacinas enquanto no sistema não aparece como aplicada. Então eu decidi, consta no decreto que vou assinar, que dessas vacinas 62.400 doses de CoronaVac recebidas nessa madrugada, só haverá repasse aos municípios que comprovarem a aplicação de pelos menos 60% das doses já recebidas anteriormente", afirmou Flávio Dino.

Ao examinar o site da Secretaria Estadual da Saúde, alguns sites e blogs da região verificaram que aproximadamente 160 municípios ainda não tinham atingido essa meta, entre eles o município de Pedreiras.

Ao tomar conhecimento das publicações, o Secretário Municipal de Saúde de Pedreiras, Marcílio Ximenes, correu para desmentir a informação e, em um vídeo divulgado nas redes sociais, contestou os números, classificando a informação apontada pelos blogs como mentirosa, e que o município havia aplicado mais de 60% das doses recebidas.

Porém, de acordo com as informações apresentadas em um banner digital divulgado pela própria Secretaria Municipal de Saúde de Pedreiras, foi confirmado que de fato menos de 60% das doses foram aplicadas. Isso porque apesar do banner informar o percentual de cobertura de 65,67% de doses aplicadas, os números dispostos logo abaixo mostram que das 2.416 doses distribuídas, apenas 1.449 foram aplicadas, o que representa 59,98% do total.

Para que o Município tivesse aplicado 65,67% das doses recebidas, seriam necessárias 1563 doses. Ou seja, a conta não bate.

Resta questionar onde estão as 967 doses que ainda não foram aplicadas.

Veja o vídeo gravado pelo secretário Marcílio Ximenes:

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

14 Comentários

  1. Essa raça que entra na política é tão imunda que até em tempos de pandemia desviam vacina para benefício próprio. Todos tem sua vaga garantida no inferno

    ResponderExcluir
  2. Realmente, a conta não bate.
    Agora, ridículo mesmo é o constrangimento que Marcílio Ximenes está passando todas as vezes que se pronuncia no Programa de Rádio.
    Marcílio Ximenes se expressa muito bem, é um líder proativo, dinâmico, mas, o usurpador não deixa ele falar.
    O comentário já saiu das imediações de Pedreiras já está circulando a nível Estadual.

    ResponderExcluir
  3. Quem é que não sabe matemática, o secretário ou seus assessores? Isto posto, é necessário dizer urgentemente onde está o restante das vacinas. Estão em condições de armazenamento adequado ou foram desviadas para aplicações diferentes das recomendações? A população precisa ser informada urgentemente. Tô aguardando.

    ResponderExcluir
  4. decepcionado com minha prefeita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbem estou. Esse macilio foi uma péssima escolha.

      Excluir
    2. Pelo que to vendo essa prefeita que foi péssima escolha, ja to me arrependendo, maquiou algumas ruas e só, estou desapontado

      Excluir
    3. ainda nao viram foi nada!!!! KKKKKKKKK

      Excluir
  5. Marcílio é um coach, eu tenho certeza que pelo conhecimento técnico que tem já percebeu que a Gestão está desajustada, "não tem um norte, cada um apontando para lados diferentes dizendo que alí é o norte.'
    Todos dizem, estamos aqui para resolver.
    Resolver o que!?
    Se até agora não resolveram nem quem é o Prefeito.
    Dentro da própria Gestão já se ouve o burburinho, as trocas de olhares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário contraditório da gota. Coach significa “treinador” ou “instrutor”, cujo objetivo é guiar pessoa(s) a alcançarem objetivos. Portanto, a aplicação da vacina em questão é tarefa dos profissionais subordinados ao secretario de saúde. Considerando a gravidade do momento, o mais importante agora é os responsáveis trabalharem e aplicar a vacina na população.

      Excluir
  6. A cada dia fico mais ciente que as coisas em Pedreiras nunca irão mudar, principalmente enquanto a administração pública estiver nas mãos dos eternos grupos político que não se arrancam da prefeitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Maranhão mudou quando saiu, mas foi pra pior. Deixa Vanessa trabalhar quando passar os quatro anos de agente julga, isso é covardia inveja e perseguição...

      Excluir
    2. Cadê Simplício?

      Excluir
  7. Você precisa conhecer o complexo do pombo enxadrista.
    Foi exatamente o que eu quis dizer.
    É contraditório!
    Uma Prefeita que não é Prefeita
    Um coach que não consegue ser coach
    O RESOLVER que não resolve nada.
    É tudo muito contraditório.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA