Compartilhe essa Notícia:



Na última quinta-feira, dia 1º, um mototaxista pirata conhecido como "Esquerdinha" foi espancado por dois mototaxistas legalizados na Rua Frederico Leda, em Bacabal. Na ocasião, a vítima foi socorrida por moradores das proximidades, que testemunharam ele pedindo socorro após ser agredido. 

Pouco depois das agressões, a vítima foi entrevistada pela imprensa local e relatou que os dois homens, identificados como Jackson e "Neném", o abordaram e fizeram reclamações de que ele "não podia trabalhar de dia". Em resposta, Esquerdinha afirmou que era feriado de Semana Santa, então não havia problema nenhum ele trabalhar, já que não estaria atrapalhando os mototáxis regularizados.

Ele alega que, apesar de ter tentado argumentar, os dois indivíduos agiram com bastante truculência, o atacado com socos, chutes, golpes de capacete e até pedradas.

Porém, recentemente o mototaxista Neném, apontado como agressor, se pronunciou à imprensa de Bacabal apresentando outra versão. Ele alega que as agressões foram iniciadas por Esquerdinha, e que ele mais seu colega, Jackson, apenas reagiram.

"O Esquerdinha estava discutindo com o Jackson, dando um chute nele. Quando me aproximei ele me agrediu e até estourou meu capacete, eu cheguei a cair no chão. Depois me defendi tendo que jogar uma pedra nele, pois foi ele quem fez as primeiras agressões. Ele ia me agredir de novo e muitas pessoas estão vendo apenas uma versão dos fatos", disse.

Após o incidente, um dos mototaxistas regularizados chegou a fazer um B.O. contra Esquerdinha, afirmando que ele estava sendo procurado e ameaçado de morte pelo mototaxista pirata, fato que teria sido informado por conhecidos.

A resposta de Esquerdinha

Esquerdinha nega que tenha iniciado as agressões, e afirmou que está coletando provas de câmeras nas proximidades para provar que tem razão. Ele alega também que não oferece nenhuma ameaça ao trabalho dos outros mototaxistas, pois só trabalha a partir de 17h e nos feriados. Para ele, as agressões foram premeditadas, e ele garantiu que tem como provar isso, pois ele tem amigos que teriam testemunhado os mototaxistas já o esperando passar para persegui-lo. 

Por fim, Esquerdinha disse que os dois deveriam ser demitidos, pois um deles possui fama de ameaçar mototaxistas irregulares. Veja as entrevistas completas com as duas partes logo abaixo aos 29:25m.


Mais informações

- Mototaxista pirata é espancado por mototaxistas legalizados em Bacabal: https://www.carlinhosfilho.com.br/2021/04/mototaxista-pirata-e-espancado-por.html

- Com informações da TV Cidade de Bacabal
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA