Compartilhe essa Notícia:


Na manhã desta terça-feira (20) a movimentação na Delegacia de Polícia de Coroatá foi tranquila. As pessoas que compareceram hoje foram donos de bares e sítios convocados pelo Delegado Rafael da Rocha para prestarem esclarecimentos, isso porque, no último final de semana, as autoridades observaram que houve diversos eventos festivos, encontros esses que estão proibidos nesse momento de pandemia. 

Hoje na delegacia compareceram também os integrantes da Banda Garotos do Forró, que foram intimados a prestarem esclarecimentos. A Polícia Civil afirmou que no último final de semana a banda fez uma live e o que chamou atenção nas gravações foi o número de pessoas que estavam presentes no evento. 

A live foi feita em um sítio localizado no Bairro Palmeira Torta. O dono do sítio e o dono da banda, além dos integrantes do grupo musical, tiveram que responder sobre uma possível infração nas regras da pandemia. 

Em defesa, os integrantes afirmaram que na live não houve aglomeração. "Fizemos essa live no sábado (17) porque estamos num período de dificuldades para todos os músicos, devido a proibição em fazer shows. Acontece que na nossa apresentação não teve aglomeração alguma. Somos 9 músicos, além do pessoal que trabalha fazendo a montagem do equipamento, estamos vendo direito o fundamento dessa denúncia para resolver.", disse Gilson Souza, vocalista da Banda Garotos do Forró.  

Confira a reportagem abaixo: 

- Com informações de Coroatá na TV (Repórter Antônio Silva)

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA