Compartilhe essa Notícia:

O ato lamentável foi denunciado para a Secretaria de Segurança Pública.

O vídeo que está repercutindo nas redes sociais é mais um episódio de homofobia ocorrido em São Luís na madrugada do último domingo (2), em que três homens estariam atirando bombas em travestis que trabalham na noite da capital, nas avenidas São Luís Rei de França e Guajajaras.

O ato lamentável foi denunciado para a Secretaria de Segurança Pública, porém a Secretaria de Direitos Humanos ainda não se manifestou.

Infelizmente, o preconceito e o ódio gratuito ainda são muito fortes no Brasil. O problema se mostra bem grave em relação à população LGBT+, principalmente quanto à expectativa de vida, que não ultrapassa 35 anos em relação à média nacional de 75 anos.

Estima-se que 13 é a idade com que são expulsos de casa pelos pais. Em relação ao estudos, apenas 0,02% estão na universidade, 56% não possuem nem mesmo o ensino fundamental e 72% não conseguem completar o ensino médio.


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

3 Comentários

Informe da ALEMA