Compartilhe essa Notícia:


O blog quer saber ....

 


Sem conseguir reunir grande número de prefeitos em nova reunião no interior do estado, Carlos Brandão volta a falar em união: ‘Casa dividida cai’, salientou para apoiadores em Presidente Dutra

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, pré-candidato a governador e que pontuou nas últimas colocações em duas pesquisas de opinião recentes para governo, realizou na sexta-feira, 30, um evento político em Presidente Dutra.

A pretensão era para ser um grande evento, mas o que se viu deixou a desejar.

Com apoio do prefeito da cidade, Raimundinho da Audiolar, Carlos Brandão reuniu todos os seus apoiadores Maranhão a fora, mas o evento decepcionou no quesito de lideranças de peso e importância.

Embora blogs alinhados estampem em manchetes garrafais a presença de mais de 100 prefeitos, até o momento não apareceu a relação nominal de sequer 10 prefeitos presentes, mas em nossos cálculos, o encontro contou com menos de 30 prefeitos e a presença dos mesmos não garantem apoio ao vice em 2022.

Diante da falta de representatividade no estado, o vice governador desceu do salto, atenuou o discurso e pregou a unidade do grupo do governador Flávio Dino (PSB) em prol de uma candidatura única em 2022.

Em discurso aos presentes, o tucano disse que “casa dividida cai”, referindo-se às quatro pré-candidaturas já postas na base governista e lembrando que, após uma derrota em 2010 – quando a oposição à então governadora Roseana Sarney (MDB) lançou mais de um candidato e perdeu -, os aliados de Dino uniram-se em 2014 e 2018 para duas vitórias em primeiro turno.

“Agora nós temos quatro pré-candidatos ao governo. Legítimo o pleito de cada um. Mas novamente eu quero aqui pregar a união. União pelo bem do Maranhão. Por isso, eu e o governador Flávio Dino estamos conversando com todos os pré-candidatos, dialogando, avançando, para que a gente possa não dividir essa casa”, declarou.

As fakes dos blogs do Brandão

Os blogs alinhados com a vice-governadoria tentam emplacar a fake news que entre os presentes ao encontro realizado por Carlos Brandão estavam 103 prefeitos, 55 vice-prefeitos, 87 presidentes de Câmaras, 49 ex-prefeitos, 326 vereadores e 12 deputados estaduais. Só ai totalizam mais de 500 pessoas presentes, quando na verdade, o encontro só poderia ter no máximo 400 pessoas, seguindo o decreto do governador Flávio Dino editado no último dia 20 de julho para combater a propagação da Covid-19; mas o que se viu foi cerca de 200 pessoas no local.

O blog desafia a assessoria do vice-governador a indicar pelos menos os nomes desses cerca de 100 prefeitos presentes. Mentira tem rabo curto e o povo do interior do Maranhão não é besta para acreditar em fakes news de blogs sediados na capital.

Cadê os nomes dos mais de 100 prefeitos presentes em Presidente Dutra?

O blog quer saber ....







⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

11 Comentários

  1. Próximo governador sem dúvida, da lhe Brandão estamos juntos

    ResponderExcluir
  2. Caro blogueiro, seja imparcial para nos proporcionar informações fidedignas, e não fique puxando sardinha para o Senador Wewerton, e deixe que o povo tire sua conclusões e vote em que entende que seja melhor para o Estado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem! Eu também vejo assim! Esses caras tem que ver que quem estará no comando do nosso estado estado a partir de abril de 2022 serás o nosso Governador Brandão, e só aí, ele já entra com 30% para ser reeleito Governador do Maranhão!!

      Excluir
  3. Andreia e Stênio Resende declararam apoio à Carlos Brandão.

    ResponderExcluir
  4. Weverton Rocha futuro governador do Maranhão

    ResponderExcluir
  5. Weverton Rocha é 12

    ResponderExcluir
  6. Weverton Rocha futuro governador

    ResponderExcluir
  7. Prefeito de balsas, Bacabal e Coroatá abandonou o senadozim e declarou apoio a Brandão.

    ResponderExcluir
  8. Com os indicadores sociais que o Estado do Maranhão apresenta, índice de desemprego, violência, o problema seríssimo no sistema de abastecimento de água, dentre outros problemas que vem se agravando como a ineficiência da segurança pública, o governo atual protagoniza um duelo pelo PODER, quando deveriam se preocupar em solucionar os problemas que se propuseram e para qual foram eleitos.
    Em suma, esse governo já mostrou a que veio, o nosso Estado tem muitas riquezas, continua na pobreza, quem mais trabalha é quem menos ganha e durante um ano e meio de pandemia quem manteve a economia aquecida foram os pequenos produtores, o homem do campo, os micro empreendedor individual, os assalariados, aposentados, pensionistas.
    O Maranhão precisa se emancipar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se algum candidato for capaz de demonstrar isso, todos os responsáveis serão varridos da vida pública. Quando o governador Flávio Dino assumiu o primeiro mandato prometeu acabar com a miséria, os indicadores socioeconômicos atuais dizem o contrário.

      Excluir
  9. ESTAMOS ANSIOSOS PELA ELEIÇÃO, A FAMILIA POLICIAL NILITAR, VAI DAR O TROCA, NÃO VOTANDO NO CANDIDATO DE FLÁVIO DINO, SÃO SETE ANOS, SEM AUMENTO, NOS AGIARDE!

    ResponderExcluir