Compartilhe essa Notícia:

Na noite da última sexta-feira (03), por volta das 00h20m, a população de Lago da Pedra foi surpreendida com mais uma notícia de assassinato brutal ocorrido no Bairro Vieira Neto. O que chama atenção neste caso é que, ao contrário da maioria dos homicídios que ocorrem no município, este não vitimou apenas uma pessoa, mas tratou-se de uma verdadeira chacina que ceifou a vida de quatro jovens. 

O caso ocorreu numa residência localizada na Rua São Vicente. No local estavam Lucas da Silva Moura, Davi da Silva dos Santos, André da Silva Conceição e José Monteira da Silva Neto, todos mortos com tiros de armas de fogo. 

Testemunhas afirmam que os autores do crime foram um grupo de aproximadamente cinco elementos. Na residência havia indícios de arrombamento na porta de entrada e também na porta de um dos quartos, indicando que as vítimas tentaram correr dos criminosos. 

Lucas da Silva Moura foi atingido com 8 disparos de arma de fogo, Davi da Silva foi encontrado com 3 perfurações pelo corpo, André da Silva foi atingido duas vezes e José Monteira recebeu 4 disparos. 

Até o momento só compareceram no local do crime a Polícia Militar e a Guarda Municipal. As forças de segurança envolvidas fizeram o isolamento do local, e houve buscas por toda casa, porém ainda não houve perícia. 

Durante a varredura no local, foram encontrados 5 papelotes de maconha, 2 cadernos com anotações de vendas de entorpecentes e uma sacola com matérias para embalagem de drogas (plástico cortado no tamanho aproximado de 10cm por 10 cm), indicando que a residência funcionava como boca de fumo. 

Não foi encontrado armas com as vítimas e seus celulares foram subtraídos, tendo em vista que havia carregadores nas tomadas. As cápsulas dos disparos de arma de fogo também foram subtraídas.

A GU acionou o serviço de urgência do hospital e a equipe recolheu os corpos, levando-os à unidade de saúde para os procedimentos cabíveis.

O fato dos jovens terem sido mortos numa casa onde havia drogas e anotações com vendas de entorpecentes, leva a polícia a crer que o crime tenha relação com a guerra de facções em Lago da Pedra. Outra informação que ainda está sendo apurada é a presença de mais pessoas na residência no momento do crime, pois algumas testemunhas afirmam que havia duas mulheres na casa com as vítimas, porém, os assassinos não as mataram. Em vez disso, levaram elas e as deixaram em outro lugar. 

Apesar desses detalhes, a polícia enfrenta dificuldades de encontrar para obter informação, uma vez que moradores das proximidades recusam a falar com receio de represálias por parte de criminosos. 

Mais

- Chacina em Lago da Pedra - Quatro jovens são assassinados dentro de casa: https://www.carlinhosfilho.com.br/2021/12/chacina-deixa-quatro-mortos-em-lago-da.html

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

20 Comentários

  1. Essas pragas já estão se espalhando em pedreiras e trizidela...é questão de tempo pra chegar nesse nível aí

    ResponderExcluir
  2. Esse é o resultado para quem quer viver do crime esses lixos ajudaram a destruí muitas famílias viviam curtindo com o dinheiro dos viciados ajudando a aumentar os roubos da cidade menos 4 almas sebosas que todos traficantes tenham o mesmo fim.

    ResponderExcluir
  3. Tem um grupo de WhatsApp família conjuntivite de lp só noiado liso ladrãozinho de clr e puta feia

    ResponderExcluir
  4. E lamentável principalmente para a família desses marginais

    ResponderExcluir
  5. Que Deus conforte as famílias das vítimas.

    ResponderExcluir
  6. Essa fato das garotas serem retiradas do local tá mto estranho.....

    ResponderExcluir
  7. Se tivesse casado outro meio de vida estariam vivos, tem pessoas que vivem apertado, mas acorda e dormi tranquilo e Deus nunca deixa faltar o pao de dia. Agora nessa vida ai ai anda pouco.

    ResponderExcluir
  8. Favela da Rocinha Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  9. Dalila traído sansão

    ResponderExcluir
  10. Menos quatro que continue diminuindo excelente

    ResponderExcluir
  11. Cadê o governo do estado???Vai culpar novamente?Ora,a segurança é um dever do estado.Onde anda o ministério público?

    ResponderExcluir
  12. Vai caçar vagabundo seus pulicia entra aqui na cidade todo encapuzado mostrando ser uma coisa e não é

    ResponderExcluir
  13. KD o coronel Duarte quando a cidade de Lago da pedra passa 30 dias sem ter um homicídio você vai a empresa para falar a cidade de Lago da pedra está com tantos dias sem ter homicídio porque quando tem homicídio você não vai a imprensa dá alguma explicação

    ResponderExcluir
  14. A população da cidade de Lago da pedra faz um convite para o secretário de segurança do estado do Maranhão para vim a cidade de Lago da pedra para dá alguma explicação para a população

    ResponderExcluir
  15. Foram traídos pelos os próprios companheiros

    ResponderExcluir
  16. Basta a família das vítimas levarem os dados foram
    Do celulares que a polícia rastreia e acha quem são rapidinho

    ResponderExcluir