Compartilhe essa Notícia:

Veto do presidente ao projeto de Cultura ainda pode ser derrubado pelo Congresso Nacional


O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou de uma missa na cidade de Bandeirantes, no interior do Paraná, no último sábado, 9. Acompanhado da esposa Michele e da filha Laura, Bolsonaro fez a primeira leitura da bíblia.

Depois, em conversa com apoiadores, falou sobre a redução do  limite de repasses da Lei Rouanet e sobre o veto feito ao projeto aprovado no Congresso Nacional que criaria a Lei Paulo Gustavo. Ele disse ter intenção de redirecionar o dinheiro do projeto para a agropecuária. Na noite da última sexta-feira, ele havia participado de uma feira agropecuária em Londrina, também no interior do Paraná.

“Agora aprovaram a lei Paulo Gustavo: R$ 4 bilhões para governadores aplicarem em cultura. O [governador] Rui Costa vai aplicar em que na cultura na Bahia? Naqueles figurões que ficaram fora da lei Rouanet. Nós estamos trabalhando aqui, estamos precisando de R$ 2 bilhões para as Santas Casas e R$ 3 bilhões mais ou menos para a gente acertar o final do agronegócio, das secas e todos os problemas que nós tivemos. Então, esse dinheiro podia, e pode perfeitamente, ir para lá. Se o pessoal mantiver meu veto, nós temos como resolver os problemas das Santas Casas, que fazem um trabalho excepcional e um volume muito grande perante as pessoas necessitadas e também dá uma sobrevida, sobrevida não, ajudar o nosso agronegócio, tendo em vista a seca que se abateu nos meses em especial na região sul”, comentou Bolsonaro.

O projeto que criaria a lei Paulo Gustavo pretendia direcionar R$ 3,8 bilhões para o setor de cultura, a fim de amenizar os impactos causados pela pandemia de Covid-19. Governadores e prefeitos decidiriam como aplicar esses recursos. O veto de Bolsonaro ainda pode ser derrubado no Congresso Nacional, apesar do presidente já ter anunciado a intenção de utilizar essas verbas para mitigar os impactos da seca no sul do país, que prejudicam a agropecuária, e também utilizar na manutenção dos serviços de saúde das Santas Casas.

O presidente também comentou a alta na inflação dos alimentos. Em março, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) bateu 1,62%, a maior taxa para este mês dos últimos 28 anos. “O mundo todo agora está numa inflação de alimentos grande, fruto da pós-pandemia, do ‘fica em casa e economia a gente vê depois’ e também pela questão da guerra da Ucrânia e Rússia. E o Brasil desponta no momento como o melhor país para investimentos, entre outras coisas. Lá fora inclusive já começa o desabastecimento. Aqui, dado ao agronegócio nosso, dado à política externa do Brasil também, que nós fomos na Rússia conversar com Putin, um dos assuntos mais importantes tratados foi a questão dos fertilizantes para vir para cá, estamos tendo uma inflação alta nos fertilizantes, que repercute na ponta da linha no mundo todo… E aqui é uma terra maravilhosa, ninguém tem o que nós temos no mundo todo, aqui é a nossa terra, é recuperar isso aqui e tocar o barco”, disse.

O presidente ainda visitou de surpresa outra cidade do interior do Paraná, o município de Ibiporã. Ele rodou as ruas em cima de um veículo e parou pra comer um pastel com o prefeito da cidade, José Maria Ferreira (PR). Após o passeio, Bolsonaro retornou a Brasília.


*Fonte - Jovem Pan/Com informações da repórter Paola Cuenca

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

40 Comentários

  1. Tá certinho, q diabo de lei Paulo viado!!!!

    ResponderExcluir
  2. Claro. Afinal, ele só governa pra rico. O pobre que defende esse governo é otário .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas quem é que gera empregos.

      Excluir
    2. e quem trabalha? O país do agro é o mesmo que as pessoas passam fome. A conta não fecha.

      Excluir
    3. O agro aos olhos daqueles que trabalham é orgulho...E se os fiéis dão ou dixam de dar dinheiro para as igrejas isso não cabe a ninguém julgar, agora pegar o dinheiro do contribuinte e SOCAR NO RABO DE ARTISTA, NÃO MESMO....

      Excluir
    4. Só passa fome pq nao tem coragem de trabalhar o ex presidente de vcs querido criou uma geração de preguiçosos com esse bolsa miseria isso era para acabar o trabalha ou passa fome

      Excluir
    5. Vc sabe de nada petista miserável

      Excluir
    6. Deixa de ser besta, quem planta arroz, feijão e cria gado que tu come, é pobre ou é rico?

      Excluir
  3. Agronegócio é o q ainda sustenta esse país, gera milhões de emprego se renda!
    Aí pq vc é petista, quer q o governo dê dinheiro pra quem se diz artista, pq artista de verdade tem talento e vive dele, não precisa de dinheiro do povo sofrido q trabalha duro!
    Nunca fui num show de graça, se não pago o ingresso é pq o show é pago pela prefeitura ou governo!

    Novela são pagas pelas propagandas, teatros são cobrados na portaria, e tudo em q esses artistas fazem são pagos!

    Aí vem vc querer dar dinheiro p esse povo q não geram renda de nada!

    ResponderExcluir
  4. ai ser derrubado sim!

    ResponderExcluir
  5. Oh ignorantes as Santas Casas são instituições que cuidem de doentes, vocês preferem que está verba vá bora governadores gastar com carnaval e alimentar uns parasitas que não querem pegar a estrada pra trabalharem em shows

    ResponderExcluir
  6. Viva cascaria e Bolsonaro

    ResponderExcluir
  7. Bolsonaro duro....

    Será reeleito...


    Bolsonaro 2022

    ResponderExcluir
  8. É mesmo? Qual a contribuição que temos por parte da classe artística? Pelos menos temos um setor produtivo e que merece o maior incentivo que é a produtivo de alimento que alimenta o mercado interno nacional e mundial e é gerador de empregos. Não voto no atual governo, porém nossa classe de artistas, jornalistas e professores esquerdopatas pregam utopias totalmente fora da realidade e muitos não passam de papagaios de imitação repetindo discursos politicos, não passam de marionete...

    ResponderExcluir
  9. Esse e um gonverno dos capitalista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai com essa de socialismo quero é capitalismo, vc já viu um colono trabalhar pra outro

      Excluir
    2. vai pra coréia do norte então amigo

      Excluir
  10. Bolsonaro ��������

    ResponderExcluir
  11. “É a ciência que pauta o mundo”.
    Contra fatos realmente não se tem argumentos. Enquanto uns tentam atacar o nosso agronegócio, sem números e embasamentos, outros se unem para mostrar a verdade e valorizar este setor que sustenta todo o país. (Rodrigo Capella)

    ResponderExcluir
  12. Bolsonaro nunca fez e nem vai fazer nada , o Brasil vive com fome , desemprego e caristia

    ResponderExcluir
  13. Tem que investir é no setor produtivo esse é que alavanca o nosso país Bolsonaro 22 vamos mostrar que pesquisa não 👎é voto e nem ganha eleição.

    ResponderExcluir
  14. Tá mas do que certo, o agro gera alimentos, e gera empregos diretos e indiretamente.

    ResponderExcluir
  15. Corretíssimo, o agronegócio vem sendo o sustentáculo da nossa economia, diferente de uma pequena parcela de sanguessugas que se dizem artistas socialistas e vivem no capitalismo, parabéns presidente e quem achar ruim vá pra Cuba!

    ResponderExcluir
  16. Esse homem é um gênio

    ResponderExcluir
  17. Aposto que esse dinheiro vai pro bolso dele e dos filhos dele

    ResponderExcluir
  18. Tá certíssimo.. meu presidente querido

    ResponderExcluir
  19. Agro é vida ������

    ResponderExcluir
  20. Ainda bem que é o último ano desse desgoverno

    ResponderExcluir
  21. Esses caras analfabeto ainda não se acordaram pra realidade basta ver o que Hugo Chávez fez na Venezuela, o que Fidel Castro fez em Cuba. Quebraram esses países e querem ver o Lula fazer a mesma coisa com o Brasil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Brasil já tá acabado desde quando o Bolsonaro entrou, ano passado a cartela de ovo tava de 8 reais, agora tá de 20 , nem os pobres escaparam da máfia genocida

      Excluir
  22. este e os besta bosonarista,,e levando fumo e ainda vive felis,olha os preço das coiisa produzido pelo agro dos rico ,,deixa de ser otarios gadaiada babacas que agradar u boso da caneco. Pra ele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pão com mortadela, trabalhar n pensar né!

      Excluir
  23. u rico defender u agro pode ce a gora pobre que tem terra so depaixo das unha air tem que tomar nu cu ,,porque o rico cutiva vende pra fora ,i tu pobre da cara da perte vai conpra oleo de dose reais e osso de trinta

    ResponderExcluir
  24. Tem quer investir em que trabalha e gera empregos, esses astistas vagabundos tem quer ir trabalhar tem uns que lançam qualquer porcaria e já ficam famosa, corta tudo presidente

    ResponderExcluir
  25. É o melhor a ser feito, pois esses artistas, cobram caro a bilheteria e mesmo assim querem dinheiro para custiar seus shows e peças de teatro....Nada melhor que por ess3 dinheiro onde mais necessitamos, que é na saúde e alimentos mais baratos em nossas mesas.

    ResponderExcluir
  26. Vão mora na Argentina, na Venezuela, em Cuba no Panamá, pra se vcs reclamam lá.

    ResponderExcluir
  27. Se fosse o Luladrão, destinaria esse dinheiro pra conta dele e dos seus cumplices de roubalheira.

    ResponderExcluir
  28. eu sei porque bosonaro não inverte na cultura us mesmo que iria receber u dinheio hoje mandaria ele tomar nu cu a manhã como acontece pelo brasil a fora só isso,,porque bosonaro da dinheiro a agro pensando em comida na mesa de gente pobre ,vai vendo pobre otario

    ResponderExcluir