Compartilhe essa Notícia:

Confira algumas das medidas de prevenção contra as doenças provocadas pelo mosquito

Mosquito Aedes aegypt. (Foto: Reprodução)

Os casos de zika, dengue e chikungunya no Maranhão tiveram aumento de 76,2% no primeiro trimestre de 2022, em comparação com o mesmo período de 2021, de acordo com dados do Boletim Epidemiológico de Arboviroses, da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Somente de janeiro a março, foram 527 casos notificados, contra 402 casos no mesmo período do ano passado. Quatro pessoas já morreram vítimas de doenças relacionadas ao mosquito Aedes Aegypti na Grande Ilha: três receberam diagnóstico de dengue e uma de chikungunya.

Casos de zika, dengue e chikungunya no Maranhão em 2022

São Luís – 117 casos;

São Raimundo das Mangabeiras – 85 casos;

Alto Parnaíba – 52 casos;

Porto Franco – 52 casos;

Grajaú – 51 casos;

Barra do Corda – 34 casos;

Passagem Franca – 30 casos;

Imperatriz – 28 casos;

Balsas – 27 casos.

A ação do mosquito Aedes aegypti tem se tornado frequente por conta do período chuvoso. Nos últimos quatro meses, cerca de 21 casos da doença foram registrados. Confira algumas das medidas de prevenção contra as doenças provocadas pelo Aedes aegypt

Manter limpos os recipientes usados para armazenamento de água;

Acionar a Secretaria Municipal de Saúde ou outro órgão público sobre possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti;

Manter bem tampados tonéis, caixas e barris de água;

Encher pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana;

Manter garrafas de vidro e latinhas de boca virada para baixo;

Guardar pneus em locais cobertos, protegidos de chuva;

Fazer sempre a manutenção de piscinas;

Jogar o lixo em local adequado, sem acumular resíduos e recipientes nas áreas ao redor do ambiente doméstico;

Fonte - O Imparcial

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

16 Comentários

  1. Voltou a dengue tinha sumido kkk

    ResponderExcluir
  2. Cadê o carro fumace

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vrdd faz tempo desde a ultima vez que eu vi

      Excluir
  3. Só agora voltou engraçado, antes eles colocaram toda culpa no corona kkkkkk.

    ResponderExcluir
  4. Isso ai é culpa da própria população que não deixa os agentes fazerem seu serviço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadê os agentes? Agentes secretos? Compra um bode.

      Excluir
  5. A protagonista voltou aos palcos

    ResponderExcluir
  6. Pronto agora toda morte ou dor na unha que der vão dizer que é dengue
    igual fizeram com o covid.

    ResponderExcluir
  7. O MOSQUITO TAVA DE QUARENTENA KKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  8. Cadê a dengue/ chicungunha , que ninguém falava delas em 2020/2021?? Poupem-nos, por favor!!

    ResponderExcluir
  9. 76% já terão de pensar em lockdown ? na época do covid, o mosquito da dengue foi tirar férias? Ou ficou também de quarentena?

    ResponderExcluir
  10. Deus tenha misericordia de nós

    ResponderExcluir
  11. Já, vou tô das férias kk

    ResponderExcluir