Compartilhe essa Notícia:

 

Na madrugada desta quinta-feira (21), por volta da 1h00, o Pronto Socorro Municipal de Bacabal viveu momentos de tensão quando dois detentos, sob custódia de um Policial Penal, conseguiram escapar, desencadeando uma operação policial intensa para recapturá-los.

A direção do Pronto Socorro acionou apoio policial após os detentos, identificados como Anderson Roberto Matos de Araújo e Hilton Carlos Rodrigues da Silva, travarem uma ousada fuga. Os dois estavam internados na unidade de saúde, sob a custódia do policial penal, quando Anderson solicitou permissão para ir ao banheiro.

No momento em que as algemas foram retiradas para atender ao pedido do detento, uma luta se iniciou de forma repentina. Contando com a ajuda do segundo detento, que ainda estava algemado, conseguiram apoderar-se da chave das algemas e desvencilharam-se das restrições, empreendendo uma fuga audaciosa.

O efetivo policial foi mobilizado imediatamente, dando início a buscas intensivas nas proximidades do Pronto Socorro, focando especialmente nas adjacências do Socorrão. Trinta minutos após o alerta, a Guarnição FT, sob o comando do 2° Sargento Nadison, teve sucesso ao localizar Anderson Roberto Matos de Arauio.

O detento foi avistado dependurado na traseira de uma carreta, em fuga pela Rodovia BR 316 em direção a Teresina. A prisão foi realizada sem lesões corporais, mas o uso de algemas se mostrou necessário. O detido recuperado, Anderson Roberto Matos de Araujo, foi apresentado na delegacia para as providências legais.

Entretanto, Hilton Carlos Rodrigues da Silva ainda está foragido, e as autoridades seguem empenhadas em sua recaptura. A população é instada a colaborar fornecendo qualquer informação que possa levar à localização do detento em fuga. A fuga espetacular no Pronto Socorro Municipal de Bacabal ressalta a necessidade de revisão nos protocolos de segurança em unidades de saúde que abrigam detentos, visando evitar incidentes semelhantes no futuro.

Com informações de Romário Alves Bacabal

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

1 Comentários