segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Mãe dá à luz dentro da ambulância de Poção de Pedras em Lima Campos


Notinha da noite
O acontecido foi no dia 12, quando o pequenino poçãopedrense Victor Hugo nasceu por volta das 11h00, dentro das fronteiras do município de Lima Campos (MA).

A ambulância da Prefeitura de Poção de Pedra transportava a mamãe Jessica Barros, moradora no povoado Lago do Baiano; ela sentia fortes dores de parto;  não deu tempo de chegar ao destino, o Hospital de Alto Alegre; o pequeno Victor nasceu dentro da ambulância.

O parto foi realizado na estrada, em seguida, a mãe e o bebê foram encaminhados ao Hospital Municipal de Lima Campos para receberem os devidos cuidados. Os dois passam bem.

Com informação de Marcos Lima (Lima Campos).

5 comentários:

  1. Uma dúvida ficou no ar! Porque essa criança não nasceu em poção de pedra?
    Lá não tem recursos nem pra fazer um parta. Vixi o negocia Ta feio em poção de pedra Ho. A ambulacia foi melhor do q o hospital

    ResponderExcluir
  2. TAMBÉM ME FIZ ESSA PERGUNTA!!!

    ResponderExcluir
  3. Se ele nasceu em Lima campos ,ele não é pocaopedrense, ele eh limacampense��

    ResponderExcluir
  4. Concordo com o comentário acima, não nasceu em Poção, então não é poçãopedrense!

    ResponderExcluir
  5. É necessário que as mulheres em idade fértil sejam esclarecidas sobre os riscos do zika vírus e orientadas.

    É altamente recomendável que a gravidez seja evitada no momento.

    O problema é que muitas mulheres carentes engravidam de forma indesejada por não terem acesso à informação e aos métodos anticoncepcionais. Depois as mães carentes enfrentam diversas dificuldades para conseguir criar os filhos, sem acesso a saúde, educação e vida digna. Os filhos são os que mais sofrem no final.

    Médicos recomendam que mulheres evitem gravidez

    Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o infectologista Artur Timerman, presidente da Sociedade Brasileira de Dengue e Arboviroses, desaconselha as mulheres a engravidarem agora, mesmo aquelas que moram em regiões sem surtos de zika.

    O presidente eleito da Federação dos Ginecologistas e Obstetras, Cesar Fernandes, ressalta que as mulheres que moram em regiões endêmicas para zika devem adotar “uma anticoncepção efetiva”. Já nas demais regiões “o princípio da precaução deve ser adotado”.

    http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/medicos-recomendam-que-mulheres-evitem-gravidez/

    ResponderExcluir