sexta-feira, 18 de março de 2016

Maura Jorge tranquliza a população e diz que vai até as últimas instâncias da justiça


Em nota pública divulgada na tarde desta sexta-feira (18), a Prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge, fez um manifesto sobre a decisão da justiça local que decidiu afastá-la do cargo. A prefeita reiterou sua disposição em continuar trabalhando pelo povo de Lago da Pedra; afirmou que não cometeu dolo em nenhum de seus atos; pediu tranquilidade a população do município, em especial os servidores municipais; disse que vai recorrer da decisão e que confia plenamente na justiça. Veja a nota na íntegra.

NOTA PÚBLICA

Sexta feira - MA, 18 de março de 2016.

Em respeito à população de Lago da Pedra e aos maranhenses em geral, a Prefeita Maura Jorge vem a público, manifestar-se sobre fatos recentemente noticiados em veículos de comunicação, acerca de decisão judicial tomada em ação civil pública.

Em primeiro lugar, a Prefeita reafirma o seu compromisso com o povo de Lago da Pedra, o que comprova através de uma gestão trabalhadora, comprometida e que muito realiza em favor de sua gente.

Em segundo lugar, a Prefeita reafirma sua convicção e disposição em comprovar que não houve dolo em nenhum de seus atos, e que irá as últimas instâncias do Poder Judiciário, no qual confia irrestritamente.

Por fim, a Prefeita Maura Jorge informa que permanece na Chefia do Poder Executivo Municipal e aproveita para tranquilizar a população de Lago da Pedra, sobretudo os seus dignos servidores públicos, que não haverá nenhuma alteração na administração municipal  e seguirá confiando firmemente na justiça.

Atenciosamente,

Maura Jorge Alves de Melo Ribeiro
____________________________________


Entenda mais aqui


10 comentários:

  1. Prefeita picareta, o povo de Lago da Pedra merece essa prefeitinha que tem.

    ResponderExcluir
  2. Meus queridos, sou estudante de direito, de Caxias e resido em São Luis. Só conheço Maura enquanto Deputada Estadual, fui acompanhá-la no executivo agora após esse episódio lamentável entre ela e o Governador. Sobre a decisão do juiz de 1 instância, tenho plena convicção que Maura terá êxito no TJMA. Foi uma decisão equivocadíssima, o M pode ser referência de morros e a natureza geográfica sim.Quando se cria uma logomarca, procura-se um símbolo que se reúna características da cidade,do povo e de sua história,indentidade. Fique tranquila , nenhum desembargador concordará com tamanha. " O que não pode em política é roubar, enganar, prometer e não cumprir", e pelo que venho acompanhando nas redes sociais, você fez uma transformação positiva na sua cidade..agora suspender seus direitos políticos e cassar-te, absurdo. Fábia Rogeria

    ResponderExcluir
  3. Boa noite. À respeito da matéria. Ser condenada a pena de suspensão dos direitos políticos e perda da função pública por 8 anos por ato de violação de princípios - princípio da impessoalidade - utilização da letra M em muros públicos,causou-me estranheza. Decisão totalmente desproporcional ao mérito. Certamente não pediram a proporcionalidade e razoabilidade na decisão. Isso dá no máximo multa. Mesmo se a logomarca fosse proposital, a decisão seria excessiva. Rigor exagerado. Admiro-me um juiz se expor desta forma.

    ResponderExcluir
  4. Não, ela não é picareta, só não tem é compromisso com seu povo, vejam como está a Av. Newton Belo, as obras inacabadas, as estradas vicinais, saúde e educação, ta tudo péssimo.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com você, Estudante de direito, pôs pesso, que venha visitar nossa cidade pra ver o estado em que ela se encontra, você precisava morar aqui em Lago da Pedra-MA. dair você conheceria melhor a administração dessa prefeita.

    ResponderExcluir
  6. e o caso da dona GESINA
    alguém lembra????????????

    ResponderExcluir
  7. que decisao descabida essa em? Parece coisa de briga entre 2 políticos isso sim . Primeiro lugar uma mulher conhecida como Maura Jorge é, vai precisar usar o M do nome dela de má fe pra ficar conhecida? Sem lógica kkkkk. 2 lugar- a imagem dos Morros ou montanhas que lago da pedra é cercada por eles, pq nao pode por na lagomarca? pq esse juiz foi ligar diretamente ao nome de Maura Jorge? 3- eu soube q o juiz chamou a prefeita pra falar sobre isso e ela explicou que nao tinha nada haver com o nome dela, que ela n tinha essa necessidade e ela de imediato mandou retirar tudo e ficou acertado e agora depois de um bom tempo , ele faz essa decisao estranhíssima? 4- uma política igual Maura Jorge que todo dia é anunciando melhorias no seu governo em todas as áreas ,e isso é fato, e o juiz parece que de repente deu um "estalo" nele ou Deus la de cima mandou ele fazer essa injustiça descabida dessa? 5- estranho que tantos casos precisados e urgentes no município e o juiz deu extrema prioridade a voltar a tona esse caso que ja tinha sido devidamente explicado a ele

    ResponderExcluir
  8. Nunca vi na minha vida um juiz afastar um político de cargo,proibir os direito políticos por 8 anos e ainda querer que pague quase 1 milhao de multa, tudo por causa dele achar que o " M" do slogan não é se referindo as montanham que cercam Lago da Pedra toda e sim que ele acha que é o M de Maura Jorge. Esse juiz já saiu do gabinete? Já andar por Lago da Pedra ? Já viu que ela é cercada de montanhas? Já viu também que todo lugar que ele passar, tudo foi Maura Jorge que construiu ou trouxe como Prefeita? Por que essa decisão de querer fazer ela parar de trabalhar? Tantas coisas que um juiz pode fazer, tantos crimes, tantos roubos,tantas açoes paradas, e ele esquecer tudo e se voltar para um "M"? Por que esse M incomoda tanta gente grande assim? Assinado Kátia

    ResponderExcluir
  9. engracado q o q falei de roubo de carga de gente da oposicao ta no site do tjma e vc n permitiu ta aqui,agora outra coisa sim

    ResponderExcluir
  10. Eita Valda fialho! Você não consegue ficar calada mesmo né?
    Tua preucupaçao vai aumentar quando a oposição assumir o poder cuidado pra não morrer

    ResponderExcluir