quarta-feira, 4 de maio de 2016
Órgão vai avaliar se houve abuso de poder por parte de magistrado ao determinar bloqueio do app em todo o País 
Ministra Nancy Andrighi entrou com o processo
 disciplinar contra o juiz Montalvão

A ministra Nancy Andrighi, corregedora nacional de Justiça, instaurou ontem processo disciplinar contra o juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto (em Sergipe), que determinou a suspensão do WhatsApp em todo o País.

De acordo com o ‘Jornal Nacional’, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai avaliar se a houve abuso de poder por parte do juiz. Segundo o órgão, a análise vai levar em conta se o juiz ultrapassou o “limite da razoabilidade” ao bloquear o acesso ao app que pertence ao Facebook.

O juiz terá um prazo de 15 dias para prestar esclarecimentos ao conselho. Caso a prática indevida seja constatada, Nancy poderá apresentar ao plenário do CNJ a abertura de processo administrativo disciplinar contra o magistrado. A punição pode variar de uma censura ao magistrado até sua aposentadoria compulsória.


Fonte: Estadão

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Em Pedreiras e Trizidela do Vale


,

Hotel em Pedreiras


Motos Honda


Matricule-se no Faculdade W. F.



Excursão para Jericoacoara


Motel em Pedreiras


Contrate Banda Skema 5 de Pedreiras



Cacau Show em Pedreiras


Provedor de internet



+ Lidas