sexta-feira, 24 de junho de 2016

O desabafo dos policiais civis do Maranhão



Apesarem de terem sido obrigados, pela Justiça, a encerrar a segunda greve em apenas um ano e seis meses de Governo Flávio Dino, os policiais civis seguem se manifestando e demonstrando o sentimento de decepção pelo estelionato eleitoral que foram vítimas.

Os policiais lembram que o governador, enquanto pré-candidato, esteve na sede da categoria fazendo inúmeras promessas, mas até o momento além de não cumprir o que prometeu, ainda conseguiu aumentar a enorme diferença já existente entre o salário de um delegado de polícia e um policial civil. Veja abaixo o desabafo da categoria.


4 comentários:

  1. Esse é o exemplo da falta de respeito com a classe trabalhadora da Polícia Civil. O governador não honrou a palavra dada aos investidores e escrivãos , é o pior

    ResponderExcluir
  2. Esse é o pior governador... Assim se diz ser o governo da mudança.

    ResponderExcluir
  3. Essa é a triste realidade de uma classe (Investigadores e Escrivães) onde existe um grande abismo salarial para a Classe de Delegados, sendo esse abisdo de aproximadamente R$ 15.000,00 onde ambas as classes são de nível superior onde a unica diferença é que o Delegado é o presidente dos procedimentos. Será que o Governo está correto em beneficiar no grupo Polícia Civil , apenas os Delegados, se na verdade quem carrega as Delegacias nas costas são os Escrivães e Investigadores? Ninguém aqui tá contestando o fato de um Delegado de Policia ganhar bem não.Tá se contestando é o fato dos Investigadores/Escrivães ganharem mal, já que o certo seria dos mesmos ganharem pelo menos 60% do que ganha um Delegado, onde na atualidada ganham apenas 23% do que estes ganham . Uma vergonha para um Governo que dizia ser de mudança . Só se mudou a realidade pra pior.

    ResponderExcluir
  4. Tá bom de mais p quem não trabalha.

    ResponderExcluir