sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Data M tem contrato de quase R$ 90 mil com a prefeitura de Slz para colocar Edivaldo bem nas pesquisas


O prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior(PDT) não dorme até o dia 02 de outubro. Sabe que perde a eleição no segundo turno para Wellington 11, apelou mais uma vez para o Data. O instituto do amigo Machadinho pesou a caneta e colocou o prefeito com 40,7% contra 25,8% de Wellington.


A preocupação é tanta que a imprensa aliada publicou a mentira de que Edivaldo vence no primeiro turno, segundo o Data M.  A afirmação está em vários blogs alinhados.

A mentira é simples de desmascarar.

Quando se leva em consideração os votos válidos, Edivaldo aparece com 49% contra 31% de Wellington. Para vencer em primeiro turno o candidato precisa ter 50% mais um voto, o que não é o caso.

Manipulação

Essa não é a primeira vez que o Data M monstra discrepância nos números. A primeira pesquisa feita pelo instituto, colocou Wellington com 12%. Em seguida outros institutos mostraram o candidato do PP na casa dos 18 pontos. O próprio Data M reconhecendo o erro foi obrigado a apresentar num outro levantamento Wellington com 25%.

Com o resultado do IBOPE dando vitória de Wellington no segundo e empatado tecnicamente com Edivaldo no primeiro turno, O Palácio dos Leões e o La Ravardiere acionaram os serviços do Data M para mais uma vez manipular os resultados e enganar o eleitor.

Contrato
Veja em continua...

O candidato a prefeito Fábio Câmara disse no seu horário eleitoral para todos verem e ouvirem em alto e bom som, foi que, o instituto de pesquisas eleitorais, Data M, que pertence ao jornalista Machadinho, tem contrato na ordem de 80 mil reais, com a Prefeitura de São Luís, dando entender que o dono do instituto contratado por Edivaldo, o Machadinho, interferiu na colocação dos números de forma superfaturados, ou seja, muito acima da realidade.


0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário