sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Prefeito é acusado de agredir eleitor por recusar a devolver o dinheiro da compra de voto


O desespero começa a tomar conta do prefeito de Mirinzal – Amaury Santos Almeida (PDT), candidato à reeleição pela Coligação “Pra fazer muito mais”. No início da tarde desta sexta-feira(23), em um completo momento de insanidade, o prefeito acabou agredindo, com um tapa no rosto, o comerciante Ednaldo Lemos Abreu.

O incidente, conforme vídeo abaixo – ocorreu em frente à casa da vítima, na localidade Tungo, na área urbana do município. De acordo com a vítima, pasmem senhores, a agressão ocorreu no exato momento em que o prefeito foi cobrar o ressarcimento de R$1.000,00 reais dado em troca de apoio político.

No relato feito na delegacia, o comerciante afirmou que o valor acordado fora de R$3.000,00(três mil), mas como menos de 50% foi pago, este decidiu declarar apoio ao concorrente, o que causou a ira do prefeito Amaury.

 Veja o Vídeo em Continua...


“Como ele não cumpriu o acordado, decidir declarar apoio ao 40, e quando o prefeito soube resolveu me procurar para que devolvesse o que já havia sido pago. Durante a conversa, os ânimos ficaram exaltados e depois de me chamar de vagabundo, ameaçar de mandar destruir minha casa e o meu bar, localizados na praia de Pericaua, ele ainda me agrediu com um tapa no rosto”, relatou a vítima na ocorrência policial registrada na delegacia do município. Até o fechamento desta matéria, o prefeito não foi encontrado para falar sobre a veracidade do incidente.

Fonte: Maranhão de Verdade.
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário