sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Capitão da PM age de forma truculenta e agride advogado em Bom Lugar


Uma confusão iniciada na cidade de Bom Lugar, no Maranhão, quase terminou em tragédia. Pelo vídeo, é possível observar-se a briga entre Policias Militares e um cidadão que é advogado do município.

A ação truculenta ocorreu antes da eleição, tendo como vítima Dr. Hugo Megaron, que trabalha na cidade. Ele relatou ter sido desrespeitado no exercício de sua função e ainda ter sido abordado de forma violenta pelo capitão da PM Rawlinson.

O advogado estava na companhia de seu pai que também foi agredido pelo militar. O estado hoje é de consternação devido o ocorrido.


Por diversas vezes, em alto e bom tom o PM diz: “Quem manda aqui?”, ” Me respeita”, ” Quem manda aqui é a polícia”.

Do Blog Luís Cardoso

14 comentários:

  1. Esse policial está assistindo muito o capitão Nascimento do tropa de elite

    ResponderExcluir
  2. Esse capitão é um de desequilibrado. Que vergonha para a polícia. A pura prova que essa cooperação é composta por vários trogloditas fardados

    ResponderExcluir
  3. São todos iguais os q vinheram pra igarapé Grande à mando do Flávio Dino, era pior. o seu dia DINO tá chegando pode esperar.

    ResponderExcluir
  4. o policial está correto em sua abordagem, já o advogado pensa que é autoridade.

    ResponderExcluir
  5. Um policial despreparado, truculento,agiu de forma anormal, pois as imagens não mentem, se não tivesse a imagem esse policial seria o coitadinho.mancha toda corporação um desequilibrado deste.

    ResponderExcluir
  6. Unknown, você não conhece a lei, ao dizer que um advogado no exercicio de sua profição não é autoridade. Lhe falta conhecimentos...

    ResponderExcluir
  7. Policiais incompetentes, foram todos com a intenção de beneficiar a candidatura comunista em Bom Lugar, PM não e autoridade nenhuma. São agentes do Estado, os quais devem defender os Direitos dos Cidadãos. Infelizmente esses policiais estavam todos coaptados pelo ex prefeito, para tentar burlar a Democracia. Dr Hugo Megaron e um jovem advogado filho da terra, que estando no exercício da advocacia, defendia naquele momento os Direitos individuais e coletivos do povo Bom Lugarense. Esperamos agora que esses jagunços desfaçados de polícia respondam pelo abuso cometido. Justiça seja feita!

    ResponderExcluir
  8. Eu como advogado pedia era a farda desse cara que se acha o poder do estado.abordagem deve ser feita de forma correta.E deve respeitar o cidadão porque quando pegam um vagabundo eles tratam super bem .E um advogado ou cidadão de bem ele pensa que esta na casa dele. Vai estudar e aprender a abordar alguém direito seu policia .advogado vamos na OAB e pedir desculpas públicas e uma nota de repudio contra esse Capitão .

    ResponderExcluir
  9. Que eu saiba advogados não estão acima da lei, onde é q tá escrito q eles não podem ser abordados, e o poblema não era com ele, era com outros políciais e esse advogado chegou gritando como se tivesse algum filho dele na polícia e ele já tem histórico de se meter em abordagem policial e de mostrar toda vez essa carteira da OAB, que já devia ter aberto um processo para apurar essas situações. Os policiais realmente trabalharam errado pois tinha q ter levado era ele preso. E esse tal Carlinhos q se diz blogueiro antes de publicar tinha q procura saber da Verdade.

    ResponderExcluir
  10. É um caso complicado.
    A polícia é autoridade SIM.
    Um advogado é um operador da lei. Pela constituição ñ tem status.
    Se o advogado quer mandar mais q a polícia, deve ser conduzido por desacato.
    Se o policial se exaltar mais que o normal, o principio do homem médio é ferido, dai ele esta em abuso de autoridade.
    Mas numa situação onde os animos estão exaltados das duas partes, é um julgamento dificil, pois o vídeo ñ mostra o q o nobre advogado fez para merecer tal atitude do policial, já condenar o policial somente pelo vídeo é uma burrice, temos de ver as duas versões para decidir.
    Quem ñ gosta de policia, é bandido, se o policial esta errado, só ele esta errado, ñ é a corporação que está errada.
    Logo, antes de condenar o policial, vamos ver a versão dos fatos.
    Porém a justiça do Brasil fala q a pessoa pode: MENTIR, OMITIR e SE CALAR num julgamento, e cabe a autoridade competente provar o crime do acusado, dai fica dificil decidir mesmo ouvindo os dois lados.
    Bem, fica a dica ai, ñ tou defendendo nem A nem B, apenas dando uma luz aos mais exaltados q julgam sem conhecer nada de lei.

    ResponderExcluir
  11. Policial estava fazendo o dever dele prendendo bandidos que passaram a noite abordando humilhando e ameaçando pessoas de Bem, o advogado veio querer impatar a polícia de fazer o servico9 dela, bem feito

    ResponderExcluir
  12. Esse é o mal de alguns advogados e ser melhor que todos no meu ponto de vista a PM ágiu certo já que ele não devo por ele deixou a PM fazer a revista nele ele não é melhor que ninguém não o capitão agiu certo ele já fez isso no bacabal uma vez também não aceitou ser revistado e mostrou a carteira da OAB rapaz já que vc quer ser respeitado pois respeita o trabalho da PM seu DR..

    ResponderExcluir
  13. quando o policial diz , aqui quem manda é a policia, agente lembra bem das explosões dos bancos, nesta hora ele deixa de mandar e vai se esconder?

    ResponderExcluir