sexta-feira, 21 de outubro de 2016

“Respeitem minha família”, pede Eduardo Braide em entrevista


O deputado estadual Eduardo Braide (PMN), candidato a prefeito de São Luís pelo PMN, condenou na ultima quinta-feira (20), em entrevista ao Bom Dia Maranhão, da TV Difusora, os ataques que sua família tem sofrido desde que ele chegou ao 2º turno da disputa na capital.

Durante sua participação no programa, ele respondeu perguntas sobre as várias polêmicas que envolvem seu nome, mas criticou, via assessoria, o fato de que a maioria dos temas debatidos não tinha relação com o seu programa de governo.

Uma das perguntas foi sobre a suposta contratação de uma empresa, quando o candidato ainda presidia a Caema, que teria recebido R$ 5 milhões apenas para fazer projetos.
Continua...

“Primeiro eu quero dizer que quem lhe passou essa informação, ou passou sem conhecer a situação ou passou por completa má fé. Eu quero dizer ao presidente da Caema que ele estude mais os contratos a começar pela época dele. O contrato firmado foi de prestação de serviços para manutenção e locação de mão-de-obra. Em nenhum momento houve contrato dessa empresa para realização de projetos. Segunda situação, esse contrato, e aí você não disse essa parte, foi aprovado e homologado pela comissão central de licitação. Sequer foi a Caema que fez a contratação desta empresa. A Caema mandou o contrato para a central e foi homologado pela comissão de homologação”, respondeu o candidato ao jornalista Marcelo Minard.

Ao ser questionado sobre o boato de que seu pai e seu assessor teriam participado de esquema de desvio de dinheiro na Prefeitura de Anajatuba, Braide afirmou que a denúncia contra seu pai sequer foi recebida pelo Tribunal de Justiça do Maranhão e lamentou que tenha sido alvo de diversos ataques ao longo desta campanha.

“Eu amo o meu pai. É um exemplo de pessoa para mim, junto com Deus e minha mãe, que não está mais aqui, mas sei que ela está me protegendo especialmente nesta campanha. Quero dizer a você Minard, que tudo isso foi fruto de investigação do MP. Talvez o que você não tenha tido o cuidado de saber é que a denúncia apresentada sequer foi recebida pelo Tribunal de Justiça, o que quer dizer que ele nunca foi réu nessa situação”, esclareceu Eduardo Braide.

Sobre ter sido alvo de investigações de desvio de recursos, Braide foi categórico.

“Eu tenho todas as certidões negativas da Polícia Federal, Justiça Federal, do primeiro grau, do segundo grau… Lancei um desafio ao meu adversário e ele não cumpriu. Pedi para que ele apresentasse em suas redes sociais as certidões negativas e ele não cumpriu. Mas sei porque ele não pode apresentar; é que ele responde por várias ações de improbidade administrativa por atos e desvios de recursos. Um deles é o Instituto Superior de Educação Continuada (ISEC), onde R$ 33 milhões foram gastos para pagar cabos eleitorais e aliados políticos, enquanto nós temos hospitais na cidade que faltam seringas, medicamentos, algodão e a população vem sofrendo, principalmente na área da saúde. Temos o servidor público municipal que só teve 2% de reajuste e ao lado disso gastos de R$ 33 milhões do ISEC que é alvo de investigação do Ministério Público”, respondeu.

Eduardo Braide voltou a defender uma campanha propositiva, sem ataques pessoais ou ofensas, como os que ele tem sido vítima. “O candidato sou eu. Quem deve ser perguntado sou eu. Eu tenho sido alvo de vários ataques todos os dias. Faço um pedido a vocês: meu pai passa por um tratamento de câncer e peço que vocês deixem minha família fora disso. Respeitem a minha família, respeitem meu pai. Eu pensei, sinceramente, que este programa era para discutir meu Programa de Governo. Não tenho medo de nenhuma pergunta. Não me esquivo de nenhuma pergunta. Agora, se você quiser saber alguma coisa sobre o meu Programa de Governo, estou à sua disposição”, criticou.

Na única pergunta sobre seu Programa de Governo, Eduardo Braide destacou que a sua grande obra será cuidar do povo. “Essa é a maior obra que um prefeito pode fazer: cuidar das pessoas. É assim que vamos transformar São Luís numa cidade muito melhor. Não no último ano de governo, mas desde o primeiro ano de governo que será o ano mais importante da nossa gestão”, finalizou o candidato.

Fonte: Blog do Gilberto Leda
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário