segunda-feira, 7 de novembro de 2016

A clínica Asa Néfron Hemodiálise em Pedreiras corre risco de ser fechada



O que está acontecendo com o ASA NÉFRON? O ASA vem sofrendo com problemas constantes: os paciente passaram a reclamar frequentemente das condições de assistência e até mesmo da falta de atendimento. Funcionários reclamando de salários atrasados e muitas complicações pós- atendimento. 
A clínica de hemodiálise AsaNéfron, que atende gratuitamente os pacientes renais crônicos da Regional de Pedreiras está correndo risco de ser fechada.

A Publicação feita no dia 31 de março de 2014 no DOU, com o Nº 61 da seção 01, tratou da habilitação do serviço de Nefrologia no estabelecimento Asa Néfron, sob responsabilidade do competente médico Antônio Gonçalves de Araújo. A Secretária de Atenção à Saúde, levando em consideração a Política Nacional de Atenção ao Portador de Doença Renal a ser implantada em todas as unidades federadas; de acordo com a Portaria nº. 432/SAS/MS, de 06 de junho de 2006, que trata da organização e definição das Redes Estaduais de

Assistência em Nefrologia na alta complexidade e estabelece as normas específicas de credenciamento dos serviços e dos centros de nefrologia; e também, considerando a Portaria nº. 214/SAS/MS, de 15 de junho de 2004, que trata dos procedimentos dialíticos; além das Resoluções – RDC nº. 154, de 15 de junho de 2004, que estabelece o Regulamento Técnico para o funcionamento dos serviços de diálise; e considerando a manifestação da Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão, bem como a aprovação no âmbito da Comissão Intergestores Bipartite do Estado do Maranhão por meio de Pactuação na CIB/MA n° 45, de 21 de junho de 2013; e ainda considerando a avaliação da Coordenação Geral da Média e Alta Complexidade – Departamento de Atenção Especializada e Temática – Secretaria de Atenção à Saúde – Ministério da Saúde (UFA!), RESOLVEU habilitar o Serviço de Nefrologia na Clínica AsaNéfron na cidade de Pedreiras.
Continua...

Os doentes crônicos renais de Pedreiras e de toda a região ganharam muito com a abertura da clínica e assim também ganharam uma nova perspectiva de vida. A clínica AsaNefron, que foi inaugurado na dia 20 de maio de 2014, no antigo Hospital Clinepe, nas proximidades do mercado da cidade, na época foi aberta com toda pompa: estiveram presentes o prefeito de Pedreiras, Totonho Chicote, o Secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad, do secretário municipal de saúde de Pedreiras Marcos Louro e dos gerentes da clínica de nefrologia Dr. Antônio Gonçalves e Dr. Péricles Guará, além do ex-deputado Raimundo Louro.

Um grande esforço e um alto investimento foi feito para que o sonho da hemodiálise fosse conseguido. A clínica foi totalmente reformada e passou a ser referência na região. Bem estruturada, possui central de tratamento de água e suporte de energia independente. Para os pacientes que fazem cansativas e sofridas sessões de diálise a cada dois ou três dias, e teriam que se deslocar a cidade Caxias, foi uma grande vitória.

Bem, e o que está acontecendo com o ASANÉFRON? O ASA vem sofrendo com problemas constantes: os paciente passaram a reclamar frequentemente das condições de assistência e até mesmo da falta de atendimento. Funcionários reclamando de salários atrasados e muitas complicações pós- atendimento.

A Unidade, que é gerida pelo Estado, segundo o CNES (Cadastro Nacional do Estabelecimentos de Saúde), encontra-se com seus repasses atrasados. Sem justificativas mais criativas, o Estado do Maranhão vai colocando toda culpa na crise instalada no Brasil e que, consequente vem abalando as estruturas do governo Flávio Dino. Sem muito mais a dizer, o governo do Maranhão anunciou recentemente que vai construir uma unidade de hemodiálise na cidade de Chapadinha e em mais outras cinco em outros municípios. Sem informar prazos entregar essas unidades continuemos aguardado o tempo das vacas gordas voltar.

Enquanto isso: salve-se quem puder!

Uma coisa é certa: a AsaNefron foi um avanço e não podemos perdê-lá! Seria um retrocesso enorme e Pedreiras precisa dessa unidade de saúde que presta indispensáveis e relevantes serviços à saúde pública local e regional!


Fonte: Blog Pedras Verdes

2 comentários:

  1. Misericórdia governador, não deixa isso acontecer, tem compaixão dessas pessoas que fazem tratamento nessa clínica

    ResponderExcluir
  2. pelo amor de Deus governador não fica isso acontecer������������������������

    ResponderExcluir