domingo, 25 de junho de 2017

Nesta semana, a apresentação de um grupo de cacuriá em um arraial causou polêmica em São Luís (MA). A dança que é conhecida pela sua sensualidade talvez tenha extrapolado neste quesito. O vídeo postado no Facebook no dia 23.06 já teve mais de 90 visualizações, 790 compartilhamentos e milhares de comentários. Confira.

 
O Cacuriá

O cacuriá é uma dança típica do folclore do Maranhão,  surgida como parte das festividades do Divino Espírito Santo, uma das tradições juninas. A dança é feita em pares com formação em círculo, o "cordão", acompanhada por instrumentos de percussão chamados caixas do Divino (pequenos tambores).

No final da Festa do Divino Espírito Santo, após a chamada derrubada do mastro, as caixeiras do carimbó podem descansar. É neste momento que elas passam à porção profana da festa, com o cacuriá. A parte vocal é feita por versos improvisados respondidos por um coro de brincantes. O ritmo é uma derivação do carimbó maranhense.

Inicialmente, o cacuriá era praticado unicamente com as caixas, mas aos poucos foi-se acrescentando outros instrumentos, como banjo, violão, clarinete e flauta.

A representante mais conhecida do cacuriá é Dona Teté do Cacuriá, uma percussionista maranhense muitas vezes acreditada como uma das criadoras do ritmo e considerada responsável pela introdução dos novos instrumentos.

Wikepedia

2 comentários:

  1. Cacuria é uma dança típica do folclore maranhense, uma dança sensual e bonita de se ver e não essa pouca vergonha que constrange pais de famílias com seus idosos e crianças nos arraias,e ate mesmo os turistas saem daqui com pessima imagem da nossa cidade diante dessa palhaçada,esses aí extrapolaram...ridículos

    ResponderExcluir
  2. Será que eles usaram camisinha? Que pouca vergonha, querem mesmo acabar com a cultura e substituir por putaria.

    ResponderExcluir

Quarta e quinta em Bernardo


Nesta sexta-feira, 28


Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Dia 29 em Esperantinópolis


Bruno e Marrone em Lago da Pedra


Publicidade:


,

Matricule-se no Faculdade W. F.



+ Lidas