segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Duplicação da BR-135: novela sem fim?

          
Anos de espera; obra parada; população insatisfeita; cobranças; acidentes; tragédias; vidas perdidas; sofrimento; revolta... Assim pode ser resumida a história da duplicação da BR-135 que há mais de quatro anos não avançava. Mas, o surgimento de um personagem destemido, aguerrido, insistente e persistente, mudou os rumos da história. Inconformado com a vergonhosa lentidão da obra, o deputado federal Hildo Rocha passou a liderar verdadeira cruzada em favor do empreendimento. Fez dezenas de pronunciamentos; se reuniu com a bancada; participou de reuniões com a diretoria do DNIT, cobrou do governo, criticou, esbravejou e buscou meios de contribuir com ações concretas.

Mas, para isso, foi necessário abrir a “caixa preta”. De que forma? Usando as prerrogativas de membro titular da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara Federal (CFFC), Hildo Rocha apresentou dois requerimentos para a realização de inspeções à obra. A primeira aconteceu no dia 11 de julho de 2016. A segunda ocorreu em 26 de junho de 2017. Só assim a verdade veio a público e o jogo de empurra deu lugar a ações efetivas que culminaram com a retomada da obra que agora está em ritmo acelerado.
Continua...

Vistoria


Neste fim de semana, novamente Hildo Rocha esteve no canteiro de obras. Após percorrer toda a extensão do primeiro trecho da duplicação (Estiva/Bacabeira) o deputado constatou que nova pista está praticamente pronta, falta pouco para ser concluída. “Acredito que até o dia 31 de dezembro o asfaltamento do primeiro trecho será concluído. Estou atento acompanhando a evolução desta obra. Venho sempre aqui porque tenho uma responsabilidade muito grande com os maranhenses que me colocaram na Câmara. Assumi, perante os meus conterrâneos, o compromisso de empenhar para que a obra fosse concluída".

Ações da bancada

Rocha fez questão de destacar o trabalho dos senadores e deputados federais do Maranhão. “A bancada maranhense, senadores e deputados muito se empenhou para tornar possível a retomada das obras. Conseguimos aprovar no orçamento da união uma emenda impositiva de bancada para que tivéssemos dotação orçamentária e financeira que assegure a conclusão da obra”, ressaltou o parlamentar. Tinha tudo para ser uma novela sim fim. Mas, o pessimismo está se dissipando.
Assessoria

5 comentários:

  1. Não tem fim e por sinal não tem início, só conversa mesmo

    ResponderExcluir
  2. So conversa fiada querendo inludir os bobalhões do Ma pra vender os votos pra oTemer outra vez

    ResponderExcluir
  3. Essa obra começou no desgoverno da Rosengana Sarney e nunca esse deputado foi lá olhar e nunca cobrou nada dela, deve ser porque são da mesma quad... Ops!! digo, partido.

    ResponderExcluir
  4. lá vem o golpe, tão querendo pegar idiotas nas eleições de 2018.

    ResponderExcluir
  5. Cadê os repasses de Hildo Rocha?

    ResponderExcluir