sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Homem é preso suspeito de estuprar a própria filha em São Raimundo do Doca Bezerra


Ontem (2), foi divulgado que um homem foi preso, no dia 31.10.2017, suspeito de tentar estuprar a própria filha, uma adolescente de 14 anos, no povoado Monte Castelo, zona rural de São Raimundo do Doca Bezerra (MA). A menina denunciou que o pai tentou abusar delas por diversas vezes.

Antônio Moreno Rodrigues da Silva, acusado 
De acordo com relatório da Polícia Militar do 19º BPM, o crime foi descoberto após a menina M. R. M. da S. denunciar o próprio pai, Antônio Moreno Rodrigues da Silva, ao Conselheiro Tutelar daquele município. Os conselheiros levaram o caso a Polícia Militar de São Raimundo do Doca Bezerra, estes por sua vez relataram o caso para Delegacia de Policia de Esperantinópolis. Em depoimento, a adolescente confirmou a polícia as agressões.

A guarnição se deslocou até o povoado Monte Castelo e conduziu o acusado.

“A vítima relata que seu pai já tentou por várias vezes ter relações sexuais com ela e, em determinada ocasião, chegou a amarrá-la para consumar o  ato, porém foi atrapalhado por um vizinho”, disse o relatório policial.

Ainda segundo o depoimento da adolescente, Antônio Moreno Rodrigues da Silva, também tentou o mesmo com a filha mais velha que teve de fugir de casa para não ser estuprada.

No dia 02, a justiça expediu mandados de prisão preventiva contra Antônio Rodrigues da Silva, que já estava recolhido na delegacia de Esperantinópolis e, contra sua esposa, Maria Leonice Marques, mãe da adolescente. “...confirmado que a mesma teria conhecimento do crime praticado pelo seu marido, Antônio Rodrigues da Silva.”
Maria Leonice Marques, acusada 
“Segundo o delegado Dr. Diego Maciel, não houve a prática do ato sexual de conjunção carnal, mas ocorreram atos libidinosos, o que motivou o acusado ser  preso. A menor em depoimento disse que por diversas vezes falou pra mãe o que estava ocorrendo, sendo que a mesma não tomou nenhuma providência, onde passou a imagem para o delegado de que acobertava o crime e por isso foi pedida também a sua prisão preventiva.”

Maria Leonice Marques foi conduzida para o presidio de Pedreiras  e o marido Antônio Rodrigues da Silva para a carceragem da Delegacia de Esperantinópolis.

Informações do 19º BPM e Blog Tribuna 101


9 comentários:

  1. Meu Deus! A cada minuto uma tragédia acontece dentro dos lares do Brasil. Senhor, misericórdia.

    ResponderExcluir
  2. Misericórdia Mãe Vagabunda.

    ResponderExcluir
  3. Isso não é um pai, e sim um mostro😡

    ResponderExcluir
  4. Isso não é uma mãe é uma vagabunda disgraçada, cachorra, vaca, maldita merecer a morte urubua 😡

    ResponderExcluir
  5. Cadeia nesses safados isso não são pais são uns monstros

    ResponderExcluir
  6. Tudo bem que o lugarsinho e cusi--o mesmo e só tem mulheres horrorosas. Mas infeliz o que mais tem no mundo e mulher, presisa se destravar por causa de menores? e ainda por cima as próprias filhas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, o lugar é c--inho mesmo só quem mora aqui sabe. Mas rapaz fazia como um lascado do professor que chegou aqui dando uma de rico e pegou lá Laiotaria e agora vive numa vizinha kkkk é lasqueira o caba querer ser rico sem puder aí as interesseirazinha penssar que é verdade. Já tá pagando né? Ai pega já vai parir o segundo filho do caba, tu tá é doida Laiotaria lá no Poção o povo diz que aí é caba ruim kkkk. Se lascou.

      Excluir
  7. Manda ele pra Pedrinhas virar moça...

    ResponderExcluir
  8. A mãe que e mas i responsável por sabe disso e não dizer nada a polícia ������������

    ResponderExcluir