terça-feira, 10 de abril de 2018

Prefeito Fred Maia decreta estado de emergência em Trizidela do Vale


O prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia, decretou situação de emergência em decorrência da cheia do Rio Mearim e em virtude do número de famílias desalojadas por causa da enchente.

De acordo com informações da Defesa Civil Municipal de Trizidela do Vale, que realiza a aferição diariamente do volume de água, o nível do Rio Mearim já ultrapassou a média de 7 metros acima do normal; a cheira já desabrigou mais de 100 pessoas; outras 1.500 estão em estado de alerta.

Na tarde do ultimo domingo (08), o governador do Maranhão, em exercício, Carlos Brandão acompanhado de uma comitiva, estive em Trizidela do Vale visitando  abrigos; ele também esteve na sede do Corpo de Bombeiros, onde se reuniu com autoridades para traçar planos para enfrentar os problemas ocasionados com a cheia do rio. Carlos Brandão garantiu que o Governo do Estado tem conhecimento do problema das inundações em Trizidela do Vale e estará colaborando para ajudar essas famílias.

Segundo a orientação do governador em exercício, o prefeito Fred Maia assinou o Decreto de Estado de Emergência em Trizidela do Vale; entregou nas mãos de Carlos Brandão para que seja homologado. Com a ação, as famílias serão beneficiadas.


Famílias desabrigadas em Trizidela do Vale são alojadas no Ginásio do Aeroporto 
Prefeitura ajuda desabrigados a deixar casas invadidas pela água da cheia do rio  

Decreto 

No decreto, o prefeito considera que Rio Mearim, devido ao elevado índice pluviométrico das chuvas nesta época, vem enchendo além do normal, conforme parecer da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil; que devido a inesperada subida das águas, muitas famílias estão desabrigadas e que esse desabrigo das famílias, causam-lhes as perdas materiais, quais sejam: as unidades habitacionais, bens móveis, eletrodomésticos, estabelecimentos comerciais e seus respectivos produtos, áreas de esporte e lazer, estabelecimentos de ensino e saúde, além de outros danos que ainda possam a vir serem acometidos devido ao elevado índice pluviométrico que perdura neste período; e que o parecer da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, relata que a ocorrência deste desastre é favorável à declaração de Situação de Emergência.

Ascom

3 comentários:

  1. Não via a hora heim prefeito 😅

    ResponderExcluir
  2. Fico só vendo a burrice da prefeitura de pedrerias, tirando os alagados e colocando quase dentro d'água de novo, caso do Colégio do matadouro. Tem q aparender com a administração de trizidela do vale

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É pra rir então lá vai kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir