quinta-feira, 21 de junho de 2018

Hildo Rocha - MP encontra novas evidências de desvio de dinheiro da saúde pública do Maranhão



“Nada é tão ruim que não possa piorar”. O surrado bordão serve para definir, com perfeição o caos reinante na gestão da saúde pública do governo Flávio Dino. Como se não bastasse o desvio milionário que resultou na prisão de servidores e ex-servidores graduados, da Secretaria da Saúde, nova denúncia de desvio de dinheiro público veio à tona nesta terça-feira (19), em pronunciamento do deputado Hildo Rocha, na tribuna da Câmara Federal.

Rocha revelou que os promotores José Augusto Cutrim Gomes e Esdras Soares Júnior, constataram que houve injustificável aumento de transferência de recursos para o Instituto Vida e Saúde (INVISA), contratada para administrar o Hospital Regional Dr. José Murad, de Viana.

Aumento espantoso

Rocha destacou que o aumento de repasses para o Instituto INVISA, de 2015 a 2017, foi de 182%. “De R$ 34 milhões aumentou, espantosamente, para R$ 110 milhões de reais ao ano. Isso configura superfaturamento porque não houve melhora no atendimento de saúde da população da regional de Viana; não houve aumento de oferta de serviços de saúde, por parte do Hospital Regional de Viana; não houve aumento de salários dos servidores e a quantidade de pessoas atendidas é praticamente a mesma desde 2015”, destacou Hildo Rocha.

Organização contratada já responde a processos

Ainda de acordo com dados divulgados pelo parlamentar, o Instituto Vida e Saúde (INVISA) já responde a processos por fraudes em licitações. “É um absurdo o que está sendo feito com recursos públicos federais, pelo governo de Flávio Dino. Por isso é que o procedimento feito pelos Promotores de Justiça do Maranhão foi encaminhado à polícia federal para que seja incorporado a outras investigações que estão em andamento na PF, acerca de desvios de recursos federais que deveriam ser aplicados na saúde pública do nosso Estado”, comentou Hildo Rocha.

Os dados resultantes da investigação também foram encaminhados para a Procuradoria-Geral da República e Procuradoria-Geral de Justiça do Maranhão. "Espero que esses órgãos façam o que deve ser feito para assegurar o cumprimento da lei e que os recursos desviados voltem para os cofres do Estado”, declarou Hildo Rocha.

Assessoria

11 comentários:

  1. Deputado Hildo porque vc só aparece em período eleitoral já pensou se durante quatro anos vc tivesse essa determinação com certeza seria o governo do Maranhão

    ResponderExcluir
  2. pq esse deputado nao denuncia os bilhoes que foi disviado da saude no governo da rosengana?

    ResponderExcluir
  3. EITA BLOG PUXA SACO DESSA FAMILIA SARNAS,, FAZ JUSTIÇA DIVULGAS AI O DESMANDO DA SAUDE NO GOVERNO DE ROSEANA E RICARDO MURALHA.. OS BILHOES QUE FOI DESVIADO..

    ResponderExcluir
  4. NAO ADIANTA IR DE BLA BLA, NAO PQ SO VAI DA 65 65 65 65 65..

    ResponderExcluir
  5. Na lama e na poeira queremos o asfalto do povoado Palmeiral de qualquer maneira

    ResponderExcluir
  6. Se esse asfalto do povoado Palmeiral não for feito não vamos aceitar Desculpas esfarrapadas isso o povo não engole mas chega de mi mi mi

    ResponderExcluir
  7. Por que esse deputado não se manifestou no gonverno de Roseana Sarney que teve desvio também de verbas da saúde? Será porque ele é aliado da família Sarney ai ficou calado agora quer dá uma de preocupado com o Maranhão?

    ResponderExcluir
  8. ESSE OTARIO SO QUER APARECER EM EPOCA DE LEIÇAO.. PENSA QUE O POVO E BESTA, ESSE PORTA VOZ DO TEMER..

    ResponderExcluir
  9. Carlinhos pq tu não informou a teus leitores ki a bancada de deputados do pmDb pv e outros ligado à família sarney retiraram 250 milhões da saúde do Maranhão e o cabeça dessa barbare foi o hildo bosta.tu é indiota e qr fazer teus leitores de besta carlinhos. O pertinho vai acaba e um concorrente a altura vai chegar pra te deixa pra trás e pra tu aprender valorizar teus amigos e leitores kkkkk

    ResponderExcluir

  10. Clã Sarney entra na Justiça até para questionar cor de banners do governo
    garronejunho 21, 2018 Política Sem Comentários

    O governador Flávio Dino usou as redes sociais para criticar a postura persecutória adotada pelo clã Sarney às vésperas da eleições. Por meio das redes sociais, ele criticou até o fato do uso das cores da bandeira do Maranhão estarem sendo alvo de representações judiciais com o objetivo de atrapalhar a luta política.

    “Enquanto me dedico ao trabalho com seriedade, ingressaram na Justiça questionando até a cor das minhas camisas e de banners. Dizem que não posso usar cores da bandeira do Maranhão: azul e vermelho. Cada coisa, meu Deus”, disparou o governador.

    Em 2018, Flávio Dino está sendo alvo de várias representações judiciais estapafúrdias oriundas de partidos ligados à família Sarney. Já impetraram com protestos na Justiça o PMDB, de Roseana, o PV, de Sarney Filho, o PRP, de Ricardo Murad, e o PMN, de Eduardo Braide.

    As reclamações são as mais variadas possíveis. De tentativa de censura da Rádio Timbira, veículo de comunicação público do Maranhão, até a vontade de paralisar grandes obras do governo do Estado, a exemplo das investidas contra o Hospital do Servidor e o Hospital da Ilha.

    “Não consigo acreditar que agora a maldade das 3 famílias que mandaram no Maranhão se volta contra a tão sonhada Ponte Central Bequimão. Querem usar o Judiciário para impedir coisas boas para a população. Uma vergonha”, disse o governador se referindo a outra importante obra para o estado.

    Todas as ações são movidas por interesses meramente eleitoreiros. E quando as decisões absurdas não são favoráveis, eles ainda partem para a depreciação do Judiciário.

    “Vergonhoso que um grupo político use seu império midiático para pressionar, chantagear e tentar instrumentalizar o Poder Judiciário. Por que não vão atrás de conquistar o voto popular? Falta de disposição ou de esperança?”, detonou Dino.

    A estratégia da oligarquia denota o desespero dos sarneyzistas com a proximidade das eleições. Com problemas de votos, eles apelarão para a Justiça. O objetivo é bem claro e a tática visa salvaguardar a derrota nas urnas. Esse filme os maranhenses já viram quando houve a vitória de Jackson Lago sobre Roseana em 2006

    ResponderExcluir
  11. Agora é Bolsonaro presidente e Maura Jorge governadora galera.

    ResponderExcluir