segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Casal de traficante preso em Igarapé Grande afirma que começou vendendo loló no carnaval


 
Drogas encontradas na residência dos acusados, localizada no Bairro Mutirão, em Igarapé Grande
Na tarde do último sábado (25), policiais civis da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras, prenderam em flagrante um casal por comercializar drogas na cidade de Igarapé Grande.


Nesta segunda-feira (27), o delegado plantonista do final de semana na delegacia regional de Pedreiras, Dr. Perikles Lima, forneceu mais detalhes sobre a operação de combate ao tráfico de drogas em Igarapé Grande.

De acordo com informações, os vizinhos  do casal notaram a movimentação de usuários de drogas na casa do casal, localizada na Rua das Margaridas, s/n, Bairro Mutirão e denunciaram a polícia. Com base nestas reclamações, a Polícia Civil pediu à Justiça um mandado de busca e apreensão na casa dos suspeitos.

A Justiça concedeu o mandado e, por volta das 13 horas do sábado, os policiais bateram a porta. O casal dormia tranquilamente a sesta após o almoço, ouviu alguém bater a porta, acordou, abriu a porta e se depararam com a equipe de policiais civil com o mandado de busca e apreensão na residência.

Eles não esboçaram reação e permitiram a polícia fazer busca no interior da casa, provavelmente, confiante que a droga estava bem escondida e não seria localizada.

No banheiro, os policiais estranharam a presença de um balde com água próximo ao vaso sanitário e desconfiaram que a descarga pudesse estar sendo usada para esconder algo. Desmontaram a descarga e encontram várias pedras de crack na encanação.

As buscas continuaram pela casa, os policiais perceberam algo estranho no forró de uma cadeira, um policial meteu a mão num orifício e encontrou mais cabeça de crack.

Durante as buscas cabeças de crack foram encontradas até num paliteiro. Ao todo, 240 pedras de crack foram localizadas pela polícia escondidos na casa.

A droga foi encontrada no encanamento do vaso, no forro de caideira e até em paliteiro  
O casal, identificado por  Mayk Santos da Silva e Francisca Jeniara Silva Nascimento, recebeu voz de prisão e foram conduzidos e apresentados na 14º Delegacia Regional de Pedreiras.

Em depoimento ao delegado plantonista, informaram que começaram a comercializar drogas por necessidades. Inicialmente, começaram a vender  loló no carnaval deste ano, porém, como o valor daquele tipo de droga era pequeno e o retorno era pouco, optaram por comercializar pedras de crack.

O casal foi autuado por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após serem ouvidos pela autoridade policial foram encaminhados para o presídio regional de Pedreiras, onde aguardam decisão judicial.

Em nota distribuída a imprensa local, a Polícia Civil agradeceu o apoio de toda a sociedade da região.

Participaram da operação, os delegados Dr. Périkles da Fonseca Lima, titular do DP de Poção de Pedras, o  delegado regional de Pedreiras, Dr. Diego Maciel Ferreira, bem como pelos Investigadores de Polícia Civil, Arielton de Oliveira Visgueira, Raniery de Meneses Costa Morais e Francisco Alencar de Vasconcelos Neto.

Com apoio de Ribinha da FM Cidade de Pedreiras ( http://cidade101.com/).


Mais

Polícia civil prende dois suspeitos de tráfico de drogas em Igarapé Grande



2 comentários:

  1. Mostra a cara deste traficantes

    ResponderExcluir
  2. Mostra a cara deles eles não são de menor mostra.

    ResponderExcluir