segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Garupa de moto morre em acidente no município de Lago da Pedra

Mais um acidente com  vítima fatal foi registrado no final de semana em Lago da Pedra. 
Moto envolvida no acidente
O óbito ocorreu na noite deste domingo em uma  ponte localizada  entre o Café sem Troco (Vila da Paz) e o povoado Centro do Agostinho (MA - 245).  

O garupa  identificado até o momento pelo apelido de "Rubinho",  teve morte imediata no local; uma mulher, que segundo informações, era quem vinha pilotando a moto, sofreu  apenas escoriações, recebeu atendimento no Hospital Serra de Castro em Lago da Pedra e já foi liberada. 
Rubinho, morreu vítima de acidente

Nas redes sociais, os internautas discutiram as causas do acidente. Leia alguns relatos postados em grupos.

 "Os dois  vinham do povoado Centro do Agostinho (Lago da Pedra), onde passaram o dia ingerindo bebidas alcoólicas. Na volta, sem perceber, a pessoa que pilotava  a moto, não conseguiu fazer o desvio da ponte e se acidentaram." 

"Outra informação é  de que eles teriam escorregados com moto e tudo  em uma lama e ele batido com a cabeça em alguma coisa."

"A ponte do Centro do Agostinho, em Lago da Pedra sentido Lagoa  Grande. A ponte ta em construção, mas lá tem vigia, porque ficam as máquinas para trabalhar no dia seguinte. O vigia disse que viu tudo, falou que a mulher ia pilotando e ia muito rápido, não deu tempo fazer a curva. Rubinho o nome da vítima, um moreno que tinha uma Titan 160 vermelha, morava no Serra Dourada em Lago da Pedra e gostava de estar na Vila Osmami."

O certo é que o impacto foi forte, deixando um morto e uma pessoa ferida. Aguarde mais informações.

Com informações de Vilmar Ferreira

Confira o Blog do Carlinhos nas redes sociais;



Blog do Carlinhos no Instagram
Blog do Carlinhos no Facebook
Blog do Carlinhos no YouTube 


3 comentários:

  1. E lamentavel. Mas lago da pedra lago do junco lago dos rodrigues e pocao de pedras sao terras sem leis de transito o cidadao anda do jeito que quiser e muito menos paga seus impostos com relacao ao transito por isso as perdas sao drasticas.

    ResponderExcluir
  2. Acidentes como esse acontecem no Brasil inteiro, a culpa é dos proprios condutores que pilotam alcoolizados e não reapeitam a propria vida. Não culpe ninguém pois a culpa esta no próprio cidadão.

    ResponderExcluir
  3. Cidadão de verdade não anda do jeito quer. As cidades citadas têm lei e todo cidadão conhecedor de seus direitos e deveres e que possui veículo motorizado tem por obrigação obedecer às leis de trânsito. As fatalidades acontecem e no que se refere aos jovens que desobecem aos pais e as leis do país e ainda andam por vários lugares ingerindo bebidas e usando algum tipo de entorpecente, a esses deve-se aplicar as leis vigentes no país.
    "Cidadão é cidadão e o resto é malandragem"

    ResponderExcluir