sábado, 23 de fevereiro de 2019

Confusão em banca de baralho termina com um homem morto e dois feridos em povoado de Poção de Pedras

Atuslizada

Por volta das 19h30 deste sábado (23), um desentendimento em uma banca de baralho,  no povoado Lago Achado, zona rural de Poção de Pedras, resultou em uma pessoa morta e dois feridos a golpes de faca.

O mototaxista identificado como "Daniel", morador da Rua do Matadouro, na sede, foi a vítima fatal. O suspeitos do assassinato são Leonardo e seu pai, conhecido pelo apelido de "Cueca". Os agressores de Daniel também saíram gravemente feridos à faca  na confusão. Pai e filho receberam os primeiros socorros ainda em  Poção de Pedras e foram encaminhados para o HG de Peritoró.

O corpo de Daniel foi levado para o Hospital Agostinho Cruz Marques, passou por exames e foi preparado para ser entregue à família.

 "Uma multidão de curiosos cercaram o hospital de Poção de Pedras neste momento. Muito sangue no local", informa um leitor.

Aguarde mais informações.

Mais - Ontem, dia 22, em Poção de Pedras,  um indivíduo conhecido como "Percebe", com várias passagens pela polícia, levou uma facada em uma briga. O mesmo foi encaminhado estado grave para um hospital de urgência em outro município.

Daniel, a vítima de homicídio








Informações do blog da Loba e de Fernando Melo.

6 comentários:

  1. 2 facadas em menos de 24 horas..... doideira vei...

    ResponderExcluir
  2. Que os criminosos paguem cm a mesma moeda

    ResponderExcluir
  3. Esse cueca e seu filho são uns vagabundos,o Daniel era um bom homem e muito honesto,o vagabundo do cueca fez a confusão por causa de uma cerveja dizendo q Daniel não.havia pago,matou o cara a traição....bandido pai e filho,tomara q apodreçam na cadeia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que apodreçam no inferno lá que eles merecem tá

      Excluir
  4. Esse povo de hj em dia não sabe mais o que é amizade

    ResponderExcluir
  5. De vagabundo e só que tem nessas banca de jogo. No mercado de Poção tem que acabar com um monte deles que ficam jogando baralho e bingo e a polícia tem que intensificar uma revista nesses bando de pra nada.

    ResponderExcluir