quarta-feira, 10 de julho de 2019

Eleição do Sindicato dos Professores de Lago da Pedra é suspensa por suspeita de irregularidade


A eleição sindical para escolha da nova diretoria do SINPROESEMMA, núcleo de Lago da Pedra, prevista para acontecer nesta quarta-feira (10), foi adiada. O motivo do adiamento para uma data ainda ser definida, se deve a denúncia formulada pela Chapa 2, que apontou diversas irregularidades no processo eleitoral. 

Em conversa com a professa Marcela, que encabeça a Chapa 2, o blog do Carlinhos foi informado, que antes da decisão pelo adiamento, a Chapa 2 já tinha entrado com uma medida cautelar no plantão  de urgência da Comarca de Lago da Pedra, para impedir a eleição do Sinproesemma local por conta de irregularidades no processo eleitoral. 
Professora Marcela, da Chapa 2
“A eleição foi suspensa pela atual direção, porém, a qualquer momento, a Juíza da 2 ° Vara, Dr. Cristina, irá julgar a nossa medida cautelar para anular  de forma judicial. Passamos o dia no fórum e a magistrada disse que logo mais  emitirá uma decisão. Acredito que a assessoria jurídica do Sinproesema, em São Luís, informou-se das irregularidades e provavelmente orientou a Secretária de Núcleo, a suspender as eleições”, revelou a professora na noite de terça.

O atual presidente do Sinproesemma, Vadielson, e candidato pela Chapa 1,em áudio divulgado nos grupos da rede social, pediu para que os sócios fizessem uma análise sobre o adiamento, porém, ele não explicou o motivo do mesmo.

"Gostaria que fizessem uma análise, sobre o porquê do processo eleitoral para a nova gestão do núcleo do Sinproessema não estar acontecendo hoje. O porquê de nós mesmos, como coordenação, diretoria executiva e componentes da chapa 1, ter resolvido adiar o processo eleitoral. O porquê da falta de entendimento da chapa concorrente em querer prejudicar o processo eleitoral, e não querer entrar num acordo para sanar o problema, deixando o processo correr normalmente , como antes, quando todos os envolvidos estavam se preparando. Diante disso, cada um de vocês pode fazer uma análise, e ter um entendimento do perfil, do moral e do compromisso que temos com a categoria dos profissionais de Lago da Pedra. Tirem suas conclusões," disse Valdielson.

A professora Janice Neri, Secretária de Representação de Núcleos da Diretoria Executiva do Sinproesemma, foi escalada para falar do motivo do cancelamento.

"Constituí esse grupo, para discutirmos uma tendência, que ao meu ver é um assunto bem sério. Trata-se de um assunto relacionada ao regimento eleitoral, e a uma orientação que eu passei para o Valdielson. Ele me consultou num determinado dia, perguntando se pessoas que são da coordenação do núcleo, e que não irão mais concorrer, poderiam compor a comissão eleitoral. Eu coloquei na cabeça que como não são candidatos, poderiam sim compor.
Reunião do Sinnproesemma realizada na noite de terça
Foi informado o adiamento das eleições 
Porém, a chapa adversária detectou essa situação transcrita, e eu só depois disso me dei conta. Resultado: precisamos ver o caminho adequado sobre isso. Andei conversando com o Mário para saber se isso poderia acarretar a nulidade do processo. O estudo que ele fez de jurisprudência, encontrou decisões a nosso favor e também contrárias.
Professores participaram do encontro do Sinproesemma 
A decisão a favor é a de que uma regra regimental, por ventura, venha sido descumprida e que não verse sobre fraude, não seria motivo para anular o processo eleitoral. Mas ele também detectou situações contrários. Precisamos resolver essa pendência. Isso não foi iniciativa do núcleo, foi uma orientação errônea minha.
Reunião de professores para discutir o processo eleitoral no Sinproesemma de Lago da Pedra 
Eu irei relatar alguns passos que andei dando para tentar buscar entendimento com a outra chapa. Até agora não obtive retorno, mas não vou mais correr atrás porque avalio que eles devam estar com a decisão de pedir a suspensão da eleição.”

Em nota divulgado para os meios de comunicação da região, os membros da Chapa 2 apontaram várias irregularidades, como as leis que regem todo o processo eleitoral (Estatuto Social e Regimento Eleitoral)  foram ignorados.

“Inicialmente, como é sabido por todos os envolvidos, tais como: sócios, mesa diretora, professores, entre outros uma vez publicado edital de convocação para as eleições este se tona público, há uma convocação para a eleição de uma assembleia de comissão eleitoral onde a mesma assume a condução dos trabalhos eleitorais.

Questiona-se, a 5(cinco) dias da eleição alguém teve conhecimento de tal publicação? Alguém foi notificado via aplicativos de mensagens, mural de suas instituições de trabalho? NÃO!

O art. 6º, §2º do Regimento Eleitoral aduz:

(...)

§ 2º não podem compor a comissão eleitoral, membros da Diretoria para a qual são feitas as eleições, nem candidatos ou representantes de chapas.

Questiona-se ainda, alguém sabe informar como foi formada a atual comissão? NÃO!
Os membros da atual comissão simplesmente foram “colocados” ali, e se não bastasse tal desrespeito ao Regimento eleitoral, os membros pertencem a atual diretoria cujo mandato finda no próximo dia 10. Portanto, flagrantemente ferido os princípios da boa-fé e imparcialidade bem como lisura na condução dos trabalhos realizados pela referida comissão.

Pedimos encarecidamente aos sócios e autoridades locais que nos ajudem que se mobilizem conosco para que possamos conduzir este processo da forma mais transparente possível, sem fraude. Eleição é um processo justo, legal e democrático, mas para que isto ocorra precisamos ficar vigilantes e precavidos."

Há informações que as eleições do Sinproesemma de Lago da Pedra escondem interesses e disputas políticas, envolvendo os principais grupos políticos daquele município. O certo é que as eleições foram adiadas por suspeitas de fraudes e os membros das duas chapas, bem como o Núcleo da Diretoria Executiva, acabaram concordando, que de fato, existiam as irregularidades no processo eleitoral sindical que resultaria na anulação do resultado das eleições caso acontecesse hoje.

Vamos aguardar os próximos acontecimentos nesta polêmica eleição sindical dos professores lagopedrenses.

3 comentários:

  1. Que diabo
    Onde vamos parar ontem lá em poção de pedras foi em busca de professor hoje aqui professora

    Tá orrível

    ResponderExcluir
  2. Por falta de diálogo da professora marcela, tivemos que adiar a eleição. Como sempre ela tumultuando. Isso ela faz ben

    ResponderExcluir
  3. Se foi adiado a eleição teve alguma coisa que fiz essa eleição se adiada

    ResponderExcluir