quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Bolsonaro: criminosos “vão morrer na rua igual barata”

Presidente brasileiro defende alargamento da lei que admite mortes em casos de legítima defesa e outros perigos para a vida humana. Ideia é “salvo-conduto para a prática de abuso”, dizem críticos.

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, voltou a defender que a lei da legítima defesa deve ser alterada para que os crimes contra a propriedade possam ser travados matando os criminosos. “Os caras vão morrer na rua igual barata, pô, e tem que ser assim”, disse Bolsonaro.

Segundo a lei em vigor no Brasil, há casos em que acções violentas, normalmente consideradas criminosas, podem escapar a uma punição — uma excepção que existe também na lei portuguesa, no Artigo 31.º do Código Penal.

Estão neste caso as pessoas que matam alguém em legítima defesa, provando-se que a sua vida estava em risco. Ou alguém que parta o vidro de um automóvel para resgatar uma criança em risco de sufocar, por exemplo.


A exclusão aplica-se aos cidadãos em geral e serve também para resguardar a acção da polícia e outros agentes de segurança armados.

Mas o Presidente brasileiro defende que isso não é suficiente para fazer baixar os índices de criminalidade e diz que a lei deve abranger outras situações para além dos riscos de vida.

Na segunda-feira, numa entrevista à jornalista Leda Nagle, deu exemplos: “Mas a partir do momento que eu entro no excludente de ilicitude, defendendo a minha vida e a de terceiros, a minha propriedade ou de terceiros, o meu património ou de terceiros, a violência cai assustadoramente. Os caras vão morrer na rua igual barata, pô, e tem que ser assim.”

Fonte: Público

10 comentários:

  1. 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽Já deveriam estar matando a mais tempo,
    Pois aqui nessas cidades pequenas todos sabemos quem são os ladrões traficantes se o prefeito de cada cidade desse carta branca para os policiais direitos acredito eu que tinha diminuído bastante.

    ResponderExcluir
  2. Tá certo Presidente melhor gastar dinheiro com um caixão do que passar o resto da vida sustentando vagabundos

    ResponderExcluir
  3. Melhor ver a mãe de um bandido chorando do que a minha

    ResponderExcluir
  4. Manda todos pro cemitério lá tem vagas disponíveis pra CPF cancelado

    ResponderExcluir
  5. melhor morrer o vagabundo que o cidadão de bem, tem meu apoio

    ResponderExcluir
  6. Estar com peninha? Leva para tua casa.

    ResponderExcluir
  7. parabéns presidente bandido bom é bandido Morto!

    ResponderExcluir
  8. Está certíssimo meu PRESIDENTE

    ResponderExcluir
  9. Não votei em Bolsonaro mais essa lei ai tem meu apoio parabéns Predidente

    ResponderExcluir
  10. Bandidagem ta é aumentando e esse babaca vem falar isso....no Brasil de agora vc não pode vacilar,Tem quer ter os olhos na costa.....presidente medíocre

    ResponderExcluir