Compartilhe essa Notícia:


Adenilson, o amigo do povo, está livre, leve e solto
Depois de realizar o pagamento da pensão alimentícia na qual estava em atraso, o vice-prefeito do município de Poção de Pedras, Adenílson Lopes, foi liberado na tarde deste sábado (14), por volta das 15h.

O vice-prefeito estava detido desde o dia 13, na 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras, depois que policiais civis cumpriram o mandado de prisão expedido pela 3ª Vara da Comarca de Pedreiras contra ele, em decorrência de atraso de uma pensão alimentícia. 

Quite com a justiça vice-prefeito já está em liberdade.

Com informações de Ricardo Farias (Repórter de Pedreiras). 
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

11 Comentários

  1. Pode estar quite com a justiça, mas continua em dívida com a sociedade, um pai que não se importa com um filho não nem gente, nunca mais voto nesse cidadão. Qual a moral que tem uma pessoa dessa?

    ResponderExcluir
  2. Complicado heim o cara atrasa pensao alimenticia para os proprios filhos fica dificil acreditar que ele vai ajudar quem nao tem seu sangue

    ResponderExcluir
  3. Vixe maria atraso de pensão alimentícia nem cabral faria isso

    ResponderExcluir
  4. Embolou o meio campo pensao alimentícia é crime segundo a constituição foi pago ok mas foi fruto de uma ocorrência

    ResponderExcluir
  5. Falta de vergonha negando o pão de cada dia para o filho cumpra com sua obrigação se nao vc vai parar de novo no presídio

    ResponderExcluir
  6. Mais já saiu deveria ter ficado mais um pouco pra aprender e não atrasar a pensão do seu filho

    ResponderExcluir
  7. Assim tem outros aí q querem bancar de bons candidatos em poção é estão com mandato de prisão,mais a justiça de poção não funciona como pedreiras,pq o fulaninho é veriador ficam passando a mão.

    ResponderExcluir
  8. Assim tem outros aí q querem bancar de bons candidatos em poção é estão com mandato de prisão,mais a justiça de poção não funciona como pedreiras,pq o fulaninho é veriador ficam passando a mão.

    ResponderExcluir
  9. E dizem que tem mais políticos devendo pensão alimentícia ou pagando apenas um micharia para filhos. Assim, as criancinhas não aguentam e ficam passando necessidades.

    ResponderExcluir
  10. Rapaz, ele foi preso por estar com um celular roubado, depois é que checaram e viram o caso da pensão alimentícia, o blogueiro fói que omitiu essa notícia. É só ver esse link: https://oimparcial.com.br/politica/2019/09/vice-prefeito-de-pocao-de-pedras-e-preso-em-pedreiras-com-celular-roubado/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O barato que saiu caro, bem caro. Se ainda tiver coragem ser candidato, se prepare, além de ser receptor de produtos roubados ainda é omisso com o próprio filho.

      Excluir

Informe da ALEMA