Compartilhe essa Notícia:

Vereador Julyfran Caringueiro preside a CPI

Na última quinta-feira, 31 de outubro de 2019, o Ministério Público de Lago da Pedra emitiu parecer pela concessão parcial da liminar no mandado de segurança sob n. 0802419-23.2019.8.10.0039, impetrado pelos vereadores Cival Rocha e Moisés do Lago Preto. Isso significa que a chamada "CPI do Carnaval", presidida pelo vereador Julifran Catingueiro, ora Impetrado, segundo o Ministério Público local, está cheia de ilegalidades.

Em seu parecer, o Promotor, Dr.  Lúcio Froz, observou que o Presidente da CPI agiu de forma autônoma, não respeitando o princípio da colegialidade - uma vez que as decisões não tiveram a participação dos demais Membros da referida CPI - e, ainda, destacou que não descarta investigações por eventuais condutas de abuso de autoridade por parte da presidência da CPI.

"Cabe ainda ressaltar, que nada impede de que ocorra a investigação sobre a conduta dos membros da CPI, mormente quando se constatareventual abuso de poder e/oudesvio de finalidade na condução dos trabalhos, porque não podemos olvidar de que os investigados têm direito à duração razoável do processo, conforme preconiza o art. 5o, inciso LXXVIII da Constituição Federal."

O juiz da 1ª vara, Dr. Marcelo Santana, ainda não decidiu sobre o caso.

Mais imagem da CPI do Carnaval de Lago da Pedra

Cantor Marquinho Lima foi ouvido pela Comissão 




Veja o parecer do Ministério Publico: Click Aqui
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

5 Comentários

  1. Cpi politiqueira.
    Cpi pra buscarem visibilidade
    Cpi sem conteudo. Sem contar com as ilegalidades cometidas pelo julifram!
    Sabíamos que esse seria o fim dessa cpi ridícula,

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk toma veriador cem futuro mas uma derrota dos graxeiros

    ResponderExcluir
  3. Fiscalizar o dinheiro público é uma das finalidades parlamentar. Agora, passar do limite legal, isso, é imoral.

    ResponderExcluir
  4. Vereador julifran o teu ta guardado. vc vai se explicar pra justiça

    ResponderExcluir
  5. É a verdade vindo a tona. pressionaram os donos de banda, mandaram terceiros ameaçar de prende-los, gente muita loucura, até que ponto o ser humano chegou.
    o vereador Julifran tentou de todas as formas desmoralizar prefeito, secretários, forçou a barra ate com pessoal trabalhador donos de banda, agora a justiça começa a desmoralizar é o vereador, é uma vergonha o que esse vereador "orientado todos sabem por quem" tentou fazer, mais Deus não dorme e a mascara do vereador e do grupo bonzinho cheio de boas intenções esta caindo. a cobra vai fumar e nego vai ter que se explicar sobre uma CPI com tantas irregularidade, falta de conteúdo, sem se quer uma prova, sem material relevante! aguardem que o vento que vocês plantaram, volta em forma de tempestade!

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA