Compartilhe essa Notícia:

Caos total no Cuscuz Folia

Ontem (22), apesar de ter sido um domingo, a região do Cuscuz em Trizidela do Vale estava parecendo mais um carnaval caótico. O povo bateu de frente com a política de não aglomeração e isolamento voluntário, e pareceu não ter dado tanta importância para o estado de calamidade pública decretado no município.

Pessoas deixavam suas casas e iam aproveitar a bagunça que começava desde a ponte até a região do Cuscuz, que devido aos episódios de violência, também ficou parecendo uma praça de guerra.

Aconteceu de tudo, pessoas desafiando a morte, desdenhando o momento de pandemia, brigas de rua e um agente de segurança do município chegou a ser agredido com um remo enquanto tentava controlar o trânsito, ele foi socorrido e levado ao hospital do município para receber atendimento médico. O agressor ainda está sendo procurado pela Polícia Militar.

O local onde aconteceu o "Cuscuz Folia" tem bares, lojas, farmácias, restaurantes, supermercados, oficinas, escritórios, consultórios e posto de combustíveis, quase tudo teve que fechar devido ao alagamento. Motos e carros de pequeno porte também não estão mais passando pelo centro comercial da cidade, situação que agrava o momento delicado.

O Cuscuz ficou parecendo o lugar do Diabo e o pessoal perdeu completamente a noção de bom senso, tudo que não era para acontecer aconteceu ontem. 
Confira:


Corte causado no Guarda Municipal após a agressão

Briga de rua no Cuscuz Folia

Agressão contra o Guarda Municipal







⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

5 Comentários

  1. Pobre é uma coisa tris Kkkk

    ResponderExcluir
  2. Está faltando sinalização e orientação sobre o trânsito, desvio ou rotas de orientação nesse local para carros e motos. Há muitas pessoas que não sabem se os carros podem seguir ou não o trecho. A Prefeitura de Trizidela deveria prestar, essa ajuda,por segurança e respeito á população.

    ResponderExcluir
  3. Esse povo tá brincando, e muita palhaçada tem que botar e a Polícia,pra botar esses irresponsáveis pra casa

    ResponderExcluir
  4. Teresa De Sousa Silva23 de março de 2020 14:45

    Povo sem noção

    ResponderExcluir
  5. Maria Das Graças Braga Teixeira23 de março de 2020 14:46

    Todos bom de criarem juízo e vergonha na cara

    ResponderExcluir