Compartilhe essa Notícia:



Ontem (23), o 19º BPM de Pedreiras deu resposta aos cidadãos que insistiam em violar os decretos de isolamento em combate ao coronavírus (Codiv-19). Mesmo com a determinação de que serviços não essenciais como lojas e bares fossem fechados, ainda houve registros de movimentações em alguns estabelecimentos. 

A ação mais dura da polícia se deu na famosa região conhecida como Pela-Pato, que reúne vários bares no Mercado Central de Pedreiras, frequentados principalmente por idosos. Segundo informações, alguns estabelecimentos do local começaram a abrir discretamente por volta das 4h da manhã, na esperança de que as Forças de Segurança que atuam à noite não percebessem. Assim, o Pela-Pato amanheceu aberto e movimentado. 

Porém, de posse das informações, a PM se dirigiu ao local por volta das 9h e determinou o fechamento dos bares que insistiam em abrir. A situação era grave pelo fato dos estabelecimentos terem potencial de reunir grandes aglomerações de clientes.  

Os policiais mandaram cada cidadão voltar para suas residências. Alguns idosos não gostaram da decisão e se recusaram a cumprir as ordens. Eles foram conduzidos, dessa vez não para a Delegacia, mas para suas casas.

O Pela-Pato já virou notícia várias vezes, em especial por relatos de idosos que chegaram a morrer de ataque cardíaco devido ao excesso de consumo de bebidas alcoólicas nos bares.

Dando continuidade às ações e para acabar com mais riscos de proliferação da doença, o 19º também impediu que jovens continuassem pulando da Ponte Francisco Sá. Nos últimos dias, o local virou ponto de encontro para que alguns rapazes pulassem na água com saltos mortais.












  



_______________________________________________________
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

1 Comentários

  1. Esses senhores de idade. Deveriam saber q tudo q polícia tá fazendo e próprio bem deles. E de suas famílias.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA