Compartilhe essa Notícia:



Ex-ministro usou Twitter para se pronunciar sobre caso que esteve nos trending topics neste domingo (1º)



O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) negou neste domingo (1) o suposto caso extraconjugal com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Em uma nota publicada no Twitter, onde o assunto repercutiu durante todo o dia, o ex-ministro escreveu: “A matilha se superou, também me agredindo e àquilo que tenho de mais sagrado: a minha família e a minha integridade moral. É o lixo da esgotosfera nas redes e em setores da imprensa. Não conseguirão nos constranger”.


 

O boato surgiu depois que uma nota da coluna do jornalista Germano Oliveira – diretor de redação da revista Isto É–, publicada no dia 21 de fevereiro, veio à tona. Intitulado “O esforço de Bolsonaro para vigiar a mulher de perto”, o texto afirma que a primeira-dama tem demonstrado “desconforto no casamento” e que viajou sozinha com Terra nos últimos meses. A aproximação entre os dois teria se intensificado a partir de julho, por conta do  Pátria Voluntária - Programa Nacional do Voluntariado, que tem Michelle como presidente do conselho, e estava sob coordenação de Terra.

A coluna assinada por Germano Oliveira diz ainda que o presidente Jair Bolsonaro decidiu “vigiá-la de perto” ao planejar uma sala para ela na Biblioteca do Palácio do Planalto; plano que foi descartado depois de polêmica com a reforma do espaço.

Ex-ministro da Cidadania de Bolsonaro, Terra foi demitido do cargo na semana anterior ao Carnaval –Onyz Lorenzoni assumiu o posto. Para compensá-lo, o presidente o escolheu como novo líder do governo na Câmara, posição que deve assumir na próxima semana.
“Nosso governo já mostrou que fará mudanças que o Brasil precisa e os revanchistas da esquerda junto com o lobby das drogas ficarão na beira do caminho, enquanto o novo Brasil vai passar”, completou Terra na nota divulgada neste domingo (1º).

A repercussão colocou o nome de Michelle e de Terra entre os primeiros do Twitter. O presidente ainda não se pronunciou sobre o assunto. Michelle também não.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

4 Comentários

  1. Carlinhos depois do áudio do Fred maia ignorante que vazou nas redes sociais o Fred maia sumiu né?

    ResponderExcluir
  2. O q uma pessoa honesta faz com um país viu, globo tentando de todas as formas acabara com o cara, atacando agora a mulher e daqui apouco vão atacar a laura kk. Sinal que eles esta no caminho certo, parabéns meu presidente.

    ResponderExcluir
  3. deveria existir uma lei para punir quem comete crime de fake news principalmente, em casos bem complicado envolvendo a vida de uma pessoa que pode ser prejudicada drasticamente, punição de 5 a 10 anos de cadeia pra esse tipo de crime em regime fechado, sem direito a fiança assim muito desses vagabundos jornalistas pensaria duas vezes antes de fala uma mentira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim a rede esgoto de televisão fecha !!!

      Excluir

Informe da ALEMA