Compartilhe essa Notícia:

Amadeus Bruno Silva Bezerra, dentista de Poção de Pedras

O dentista Amadeus Bruno Silva Bezerra, mais conhecido como "Bruno", de 27 anos, entrou em contato com o blog do Carlinhos para externar seu sentimento de revolta pelo forte constrangimento que ele e seus familiares passaram em decorrência de fakes news (notícias falsas) na cidade de Poção de Pedras.

Em conversa com o titular do blog, Bruno detalhou todos os acontecimentos que o envolveram de forma inesperada e caluniosa.

"Tudo começou quando o meu irmãozinho precisou de atendimento no Hospital de Poção de Pedras, era uma segunda-feira, ele ficou com a pressão baixa e tive que levá-lo na unidade hospitalar de Poção de Pedras. Acontece que lá dentro todo mundo alarmado por conta desse novo vírus, alguém fez o alarde que o meu irmão poderia estar com suspeita do Covid-19."


"Quando eu levei ele de volta para casa, surgiram boatos na rua e áudio de um vereador dizendo que o "filho do Manuel do Leite" estava como caso confirmado de Covid-19. Acontece que, além da informação ter sido falsa, as pessoas associaram o "filho do Manuel" citado no áudio a mim. O que gerou a boataria na cidade." 

"Toda a situação não se passou de um mal entendido, eu nunca cheguei sequer a apresentar qualquer sintoma. Mas estou enfrentando preconceito, ficamos de quarentena aqui em casa e só fui sair ontem quando deram a confirmação de que meu teste de coronavírus resultou em negativo. Fui informado pelo pessoal da SES (Secretário de Estado de Saúde). Mesmo assim, os vizinhos já não falam mais com a gente aqui em casa e os meus pacientes têm medo de mim."

"Meu irmãozinho também não esteve em Teresina, está bem de saúde, não tinha motivo algum para esse alarde e depois essa boataria que "o filho do Manuel do Leite" está com o coronavírus em Poção de Pedras. Eu levei o meu irmão para o hospital por conta de um problema de saúde e quando estávamos em casa já circulava nos grupos que eu era um Covid-19 certo. Fiquei sem chão. Muito constrangimento. Desde então me tornei um suspeito, mas segui toda a recomendação e o exame negativo não me surpreendeu em nada. Confesso que estou revoltado e ainda analisando se vou tomar medidas na justiça por conta de tudo aquilo que eu e minha família passamos."

A situação foi descrita por Bruno como injusta, uma vez que tudo não se tratou de uma distorção dos fatos. Os rumores alteraram e muito a rotina do jovem dentista, que agora enfrenta comentários negativos de muitas pessoas e está sem poder realizar qualquer atendimento de urgência em seu consultório. 

"O mais importante é que estamos bem de saúde, embora abalados emocionalmente pela reação das pessoas por conta de um boato que não sei como surgiu de dentro do hospital de Poção de Pedras e ficar sem controle."

Em conversa posterior, o vereador, nome não informado para não gerar ainda mais especulação, chegou a pedir desculpas para Bruno e sua família. Ele enviou o áudio para um contato apenas, assim que soube do boato, porém, a pessoa que recebeu o áudio o espalhou para outras pessoas e acabou viralizando nos grupos de whatsapp de Poção de Pedras e de toda região. 

Até o momento, Poção de Pedras segue sem casos confirmados do novo coronavírus. Dos diversos casos encaminhados para exames na região, a maioria vem sendo descartado.

O outro lado

O blog entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde de Poção de Pedras para se pronunciar sobre o caso envolvendo o dentista Bruno. A SEMUS informou em resposta que está fazendo uma nota de esclarecimento sobre o caso para ser divulgada. 

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

11 Comentários

  1. Acho que esse Bruno quis se aparecer...

    ResponderExcluir
  2. Quem gravou o video foi o vereador mano que espalhou na cidade..

    ResponderExcluir
  3. Dr lembre-se que o erro é o mano é sempre será.

    ResponderExcluir
  4. Nao precisa esse alarme dentista voces são seres humano qualquer um ta suspeito ora ser rico não quer dizer que não vai adoecer fosse assim dona mariza Letícia esposa do ex presindente não teria morrido sacou

    ResponderExcluir
  5. Voamos rogar p que não tenha nem um caso mesmo

    ResponderExcluir
  6. No meu entender ele está coberto de razão,mesmo q ele estivesse com o vírus o hospital não tinha o direito de divulgar,só se a família autorizasse.
    Ele tem que ir mesmo atrás dos direitos dele pra q essa Pessoa não faça isso com outra pessoa.

    ResponderExcluir
  7. Falta de respeito com a familia e despreparo total da secretaria de saúde não tomou as medidas seguras , o que falar desse vereador a lingua dele é pior do que o virus ...

    ResponderExcluir
  8. Errar é o mano
    Ser imprudente é desumano e divulgar os áudios com o nome da família também. N basta a disputa de poder entre os dois secretarios de saude, por isso a desordem e caos no Município.

    ResponderExcluir
  9. agora a grande verdade é, que pode se lascar nessa jogada é o secretário que assina pq depois ele irá responder criminalmente, e conhecendo o garoto que administra porção o que não irar faltar e processo pra responder pq todos sabem que ajumenta é com força pra cima do 💰 público.

    ResponderExcluir
  10. É isso que dá colocar gente despreparada afrente de coisas que deveria ser séria, quem vai arcar com as consequências é o falido município. Na hora do lefa pra capar o prefeito correu e foi esconder a família e deixou pessoas completamente sem noção tomando conta das coisas. Agora arque com o prejuízo prefeito.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA