Compartilhe essa Notícia:


Com a crise provocada pela pandemia do coronavírus no Brasil, muitos trabalhadores que são oriundos da nossa região estão voltando para a terra natal. Hoje mesmo, um ônibus lotado de pedreirenses saiu do município de Sorriso, no Mato Grosso, com destino à Princesa do Mearim.

Uma pessoa registrou a partida do ônibus pertencente a empresa Hélio Turismo regressando para a querida terra de Pedreiras. "Que Deus nos proteja, estamos com saudade da nossa cidade amada", disse um pedreirense que embarcou na viagem.

Devido à crise do coronavírus que assola o país inteiro, os serviços nas lavouras e nos garimpos estão paralizados não só no Mato Grosso, mas também em São Paulo e Minas Gerais. Por conta disso, milhares de trabalhadores do Médio Mearim estão retornando para suas cidades de origem.

Presença do coronavírus em Mato Grosso 

Mato Grosso tem 134 casos confirmados de covid-19, porém, nenhum deles foi registrado no município de Sorriso. A capital Cuiabá tem 72 casos confirmados. Outros 16 municípios do estado têm registros da doença, entre eles Rondonópolis (22), Sinop (11), Várzea Grande (6), Tangará da Serra (5), São José dos Quatro Marcos (2), Cáceres (2), Aripuanã (2), União do Sul (1), Primavera do Leste (1), Nova Mutum (1), Nova Monte Verde (1), Lucas do Rio Verde (1), Lambari D’Oeste (1), Canarana (1), Campo Novo do Parecis (1) e Alta Floresta (1).
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

10 Comentários

  1. salve se quem puder..kkkk

    ResponderExcluir
  2. Aí, onde mora o perigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso q estão vindo embora, com medo do perigo maior!
      A fome!

      Excluir
  3. hurruu...agora o bicho vai pegar!!!

    ResponderExcluir
  4. O avanço do vírus é inevitável. Todos sabem como está São Luis; e amanhã já tem van partindo pra lá para voltar lotada de passageiros para Lago dos Rodrigues. Quem garante que não há infectados nesse meio?

    ResponderExcluir
  5. O Flávio dino frouxou mesmo as redias do estado no e atoa q Porã dessa estado tá uma merda, de infectados, fecha Porã dessas fronteiras, no deixa ônibus nem entra afrouxa redea agora e um perigo e grande.

    ResponderExcluir
  6. Quem é esse ordinário, doido e o que vai nessa van e mesmo que embarca no trem da morte. Esse dono dessa van só pode ser um louco ou um desesperado um verdadeiro genocida. Querem um conselho deixa ele ir só.

    ResponderExcluir
  7. So vejo uma coisa q o povo bao saber ficar calado.quando o governador fechou S fronteiras o povo achouu ruim e agora ele liberou apedido d povo.E agora o povo tem q se cuida bem cuiado e não falar dos político q sempre avisou q esse viros e serio...

    ResponderExcluir
  8. Quase 700 casos no Maranhão. O bagulho tá ficando louco.

    ResponderExcluir
  9. Esperantinopolis chega gente todo semana do mato grosso kd a secretaria de saude param de trabalhar o povo chega nao obedece a quarentena preocupante

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA