Compartilhe essa Notícia:


Vários ônibus de turismo lotados com trabalhadores continuam indo e vindo quase que diariamente em diversos municípios do Médio Mearim. A circulação é muito grande, principalmente nas cidades de Igarapé Grande, Lago dos Rodrigues, Lago do Junco, Poção de Pedras, Pedreiras e Esperantinópolis. 

O que chama atenção é que não tem sido feito nenhum esforço para que essas pessoas fiquem em isolamento, já que os trabalhadores frequentemente chegam de regiões com casos confirmados de coronavírus e, sem nenhum tipo de averiguação, circulam livremente ao chegarem em nossa região. Informações apontam que Lago dos Rodrigues, Esperantinópolis e Igarapé Grande, recebem o maior fluxo de pessoas vindas dessas viagens interestaduais. 

Exemplo a ser seguido 

O município de Alto Longá, localizado no estado do Piauí, vem dando um bom exemplo de como proceder em relação a esse tipo de situação. O gestor decidiu que qualquer pessoa que viesse de outros estados para a cidade ficasse em isolamento numa escola. Isolados, os passageiros seriam examinados um a um a fim de garantir que nenhum possível infectado circulasse pela cidade. 

Diante do crescimento espantoso de casos da Covid-19 na região, torna-se urgente que as Secretarias de Saúde dos seus respectivos municípios tomem providências imediatas a fim de evitar o aumento de casos.

Mais informações

-Passageiros de São Paulo ficam em quarentena em escola ao chegar no Piauí: https://www.cidadesemfoco.com/passageiros-de-sao-paulo-ficam-em-quarentena-em-escola-ao-chegar-no-piaui/#ixzz6LbEyJoPG
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

5 Comentários

  1. Realmente é um perigo, cadê a fiscalização do governo no Estreito deixar este ônibus entrar no Maranhão

    ResponderExcluir
  2. Seria bom que esse gestores cuidasse mais do caso que ta serio aqui em poção tem gente de todos os lugates ai pelas as ruas e ninguem fa,z nada

    ResponderExcluir
  3. Coitado deles. Lá estavam mais seguros. Nosso Estado é um dos que registra mais casos confirmados, com números acima dos 4.500. Com exceção de São Paulo e Rio de Janeiro, os numeros dos outros estados do sul, sudeste e centro-oeste estão dentro do tolerável.

    ResponderExcluir
  4. Deixa o povo vim o que q tem no tem nada. Veja bem como tudo isso e putaria.
    Em feveiro morreria muita gente nada
    Em março no ficaria pedra sobre pedra nada
    Em abril seria o pico nada.
    E agora em maio há mesmo putaria. Isso já virou foi comércio pra esses políticos corno. Bando de gente senvergonha . Maioria disso no passa de putaria. Tenham fé em deus e deixe mundo gira.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com o medo das pessoas, mas me ponho no lugar desses trabalhadores que chegam. Como se sabe o desemprego aumentou e tem muita gente passando necessidades em outros estados, pra onde tem que ir? Acredito que procurar a família né. Acho que a melhor forma de controlar é seguir o exemplo dessa cidade do Piauí, colocando esses cidadãos em quarentena após a sua chegada na cidade.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA