Compartilhe essa Notícia:


O Governador do Maranhão, Flávio Dino, concedeu uma entrevista coletiva na manhã de hoje, 1º de maio, anunciando as medidas de lockdown (bloqueio de todas as atividades não essenciais) que serão adotadas a partir da próxima terça (05/05) para a Grande São Luís.

Dino afirmou na entrevista, realizada no Palácio dos Leões, que dará cumprimento à decisão judicial da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, que determinou a medida na região metropolitana de São Luís.

O governador ressaltou que as aulas permanecerão suspensas até o dia 31 de maio, na rede estadual, municipal e privada da capital, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Flávio Dino destacou ainda que não há necessidade de correria nem aglomerações em supermercados e farmácias, já que esses serviços serão mantidos durante o lockdown.



Confira o resumo das medidas que serão adotadas durante o período de lockdown


*Suspensão quase total de saída e entrada de veículos na Ilha de São Luís (exceção é transporte de cargas por caminhão para abastecimento da Ilha)

*Barreiras policiais nas principais avenidas da Ilha para que só circulem trabalhadores dos serviços essenciais

*Proibição de estacionamento de veículos em áreas de lazer, como Litorânea e Espigão, onde não há oferta de serviços essenciais

*Regras de controle sanitário para feiras e mercados, como já existe para supermercados

*Aumento de multa sobre bancos que não organizarem atendimento com segurança sanitária

*Nova previsão de volta às aulas em 1º de junho, com suspensão ao longo de todo o mês de maio
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA