Compartilhe essa Notícia:


Em pronunciamento durante Sessão da Câmara Federal, o deputado Hildo Rocha criticou os governadores envolvidos em operações nebulosas referente à compra de respiradores. Rocha ressaltou que o governo do presidente Jair Bolsonaro tem encaminhado constantemente recursos para os Estados. Entretanto, de acordo com o parlamentar, alguns governadores estão desviando os recursos entre eles o do Maranhão, Flávio Dino.

“Essas empresas, ditas internacionais, que venderam para o Maranhão, via Consórcio do Nordeste, não tem sequer registro. Nem são do ramo de equipamentos hospitalares. Empresas totalmente desconhecidas. Mesmo assim o pagamento foi realizado causando grandes prejuízos aos cofres públicos. Isso é improbidade administrativa, pois causou prejuízos ao erário estadual. O prejuízo para o povo do Maranhão foi de mais de 5 milhões de reais. O governador Flávio Dino é responsável direto por essa gastança criminosa que ganhou o apelido de Covidão”, destacou o deputado.

O parlamentar maranhense lembrou que ao efetuar o pagamento dos respiradores sem a devida liquidação o governador Flávio Dino afrontou totalmente a legislação que trata sobre aplicação de recursos públicos.

“A Lei nº 4.320 é bastante clara. Primeiro você tem que liquidar, para depois fazer o pagamento. Pagaram adiantado, levaram prejuízo, e o prejuízo ficou com a população. Esse procedimento de Flávio Dino, e de outros governadores nordestinos, configura crime contra as finanças públicas”, afirmou Hildo Rocha.

O deputado afirmou que cabe ao Ministério Público do Maranhão entrar com vários processos contra o governador Flávio Dino por causa dessa operação criminosa que foi realizada com o total apoio e conhecimento do governante maranhense. Todavia, o parlamentar não acredita que o procurador geral de justiça do Maranhão faça qualquer procedimento contra o governador Flávio Dino.

“Assim o povo do Maranhão vai arcar com a perda desses recursos e da falta de respiradores pulmonares que se já estivessem instalados evitariam centenas de mortes”, destacou Hildo Rocha.


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

7 Comentários

  1. Se compra rouba e se não compra rouba também tá ruim era ruim se não tivesse comprado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é assim, ele comprou e pagou por aparelhos respiradores que não foram entregues. Isso é crime de responsabilidade.

      Excluir
  2. Fim do COMUNISMO e implantação da DITADURA MILITAR pelo nosso CAPITÃO Messias Jair Bolsonaro.

    ResponderExcluir
  3. Esses malditos roubam o povo de cara limpa.Aqui em Poção,a roubalheira está dando o que falar..Segundo as más línguas,o hospital está caindo os pedaçõs e os vereadores nada fazem,nada mesmo. Valney e Jhúlio passaram anos ombreados com o prefeito e só agora resolveram agir,Será por quê?Eles ficam boando folha na venta de alguns apaixonados e sem noção.Votei nulo na passada,votarei novamente.

    ResponderExcluir
  4. Tão pensando que FLÁVIO DINO é o velinho tão enganados.
    Vai em frente nosso governador FLÁVIO DINO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dino não é o velhinho, mas vai preso do mesmo jeito. É só aguardar pra tu ver viu "PUXA SACO .COM.BR"

      Excluir

Informe da ALEMA